Wall Street em alta e resiste aos maus dados sobre o emprego nos EUA

O possível novo pacote de estímulos económicos, avaliado em 908 mil milhões de dólares, continua a impulsionar o mercado. Por outro lado, as notícias sobre as vacinas contra a Covid-19 também continuam a ter um impacto positivo.

Brendan McDermid / Reuters

Os três principais índices da bolsa de Nova Iorque iniciaram a sessão desta sexta-feira em alta, indiciando que o mercado resistiu a números sobre o mercado de trabalho abaixo das expectativas no mês de novembro.

O industrial Dow Jones sobe 0,27%, para 30.050,32 pontos; o S&P 500 avança 0,30%, para 3.677,90 pontos; e o tecnológico Nasdaq avança ligeiramente 0,11%, para 12.391,32 pontos.

No mês de novembro, foram criados 245 mil postos de trabalho, abaixo das expectativas, que apontavam para 460 mil novos empregos, segundo o inquérito aos non farm payrolls.

O possível novo pacote de estímulos económicos, avaliado em 908 mil milhões de dólares, continua a impulsionar o mercado. Por outro lado, as notícias sobre as vacinas contra a Covid-19 também continuam a ter um impacto positivo.

Nas empresas, destaque para as subidas das empresas do setor da aviação e do turismo. A American Airlines ganha mais de 3%, enquanto as da United Airlines avança ligeiramente 0,30%. No turismo, a Norwegian Cruise Line ganha 2,52% e a Carnival sobe 2,24%.

Nas matérias-primas, o preço do petróleo está a subir dos dois lados do Atlântico. O Brent ganha 1,03%, para 49,21 dólares e no WTI avança 0,90%, para 46,05 dólares.

Ler mais

Relacionadas

PSI 20 segue no ‘verde’ impulsionado pelo BCP e Galp

Praça lisboeta está agora a subir 0,87%, para 4.679,33 pontos nesta sexta-feira, seguindo a tendência das suas congéneres europeias.

Pfizer quase deu cabo do dia em Wall Street

A Pfizer cortou para metade a sua meta de distribuição da vacina contra a covid-19, notícia suficiente para atirar os mercados para terreno negativo.
Recomendadas

Venda de ações reforça noção que a CTG vê a EDP como investimento financeiro, diz o BPI

A estatal chinesa lançou uma OPA sobre a totalidade da EDP em maio de 2018, mas desistiu após a alteração dos estatutos para acabar com o limite de votos de 25% por acionista ter sido chumbada. Desde essa altura, vendeu 1,8% em fevereiro de 2020, mas reforçou no aumento de capital em agosto.

‘Luanda Leaks’. CMVM fez seis comunicações à PJ e não descarta possibilidade de mais

“Estamos a fechar estes trabalhos com nove auditores analisados, em 27 entidades auditoras analisadas”, explicou Gabriela Figueiredo Dias aos jornalistas. “Foram enviados 12 processos para apreciação contraordenacional, relativamente a um auditor e há mais dois que estão em análise relativemente a outros auditores”

Eficácia, eficiência, proximidade, relevância: as metas da CMVM para 2021

A instituição liderada por Gabriela Figueiredo Dias estabeleceu quatro prioridades e quatro objetivos para 2021, um ano que apresenta “um contexto social, económico e financeiro adverso e marcado por elevada incerteza”.
Comentários