Wall Street encerra misto apesar do acordo económico de resposta ao Covid-19

No fecho da sessão, o S&P 500 sobe 1,26%, para 2,478.13 pontos, o tecnológico Nasdaq desvaloriza 0,45%, para 7,384.30 pontos, e o industrial Dow Jones cresce 2,23%, para 21,187.29 pontos.

Reuters

A Bolsa de Nova Iorque terminou a sessão desta quarta-feira em terreno misto, depois de ter aberto a sessão a negociar no ‘verde’ graças ao acordo dos legisladores dos Estados Unidos sobre o programa económico de resposta ao surto do coronavírus.

No fecho da sessão, o S&P 500 sobe 1,26%, para 2,478.13 pontos, o tecnológico Nasdaq desvaloriza 0,45%, para 7,384.30 pontos, e o industrial Dow Jones cresce 2,23%, para 21,187.29 pontos.

Um estudo do Economic Policy Institute (EPI) divulgado hoje estima que pelo menos 14 milhões de postos de emprego nos Estados Unidos estão em risco de desaparecer já este verão face ao Covid-19 e nem o estimulo financeiro de cerca de 1,85 mil milhões de euros anunciado pela administração de Donald Trump vai ser suficiente para travar a perda de empregos.

Cerca de 45 mil milhões de euros serão destinados a empréstimos para as companhias aéreas, um setor particularmente afetado pela pandemia do Covid-19, que levou a uma interrupção das viagens. Este pacote de estímulo do Senado vai colocar dinheiro de forma mais direta nas mãos das empresas e consumidores, dado que este surto poderá levar a uma recessão económica a curto prazo.

“Apesar da enorme quantidade de estímulos previstos para entrarem na economia, as medidas rigorosas de contenção são a melhor aposta para estabilizar os mercados”, refere Jeffrey Bergstrand, professor de economia da Mendoza College of Business da Universidade de Notre Dame, em resposta ao Markets Insider.

O apelo do presidente Donald Trump na terça-feira para reabrir a economia até a Páscoa acrescentou uma nova preocupação com os casos de coronavírus a aumentar nos EUA.

Ler mais

Recomendadas

Galp e CTT ajudam PSI 20 a ficar no ‘verde’ no fecho da sessão

Praça lisboeta fechou a sessão desta quinta-feira com uma subida 0,02% para 3993,57 pontos, seguindo a tendência das suas congéneres europeias que fecharam a sessão a negociar em terreno positivo.

Trump diz que Arábia Saudita e Rússia deverão chegar a acordo para cortar produção de petróleo

“Espero que eles cortem a produção em 10 milhões de barris por dia, e talvez substancialmente mais, o que a acontecer será ótimo para a indústria do gás e do petróleo”, afirmou Trump num primeiro tweet, antes de acrescentar que a redução poderá chegar mesmo aos 15 milhões de barris diários. Preços disparam perto de 20%.

Wall Street arrancou em baixa mas inverte tendência na primeira hora

Pedidos de subsídio de desemprego nos EUA duplica e atinge os 6,65 milhões, são os estragos do coronavírus nos Estados Unidos. O número de americanos que solicitaram benefícios de desemprego mais que duplicou para um segundo recorde consecutivo, após o encerramento de mais empresas nos EUA devido à propagação da pandemia
Comentários