Wall Street fecha mista e Lyft cai 11% depois de apresentar resultados

A nível empresarial a empresa Lyft, rival da Uber nos EUA, tombou 10,84% depois de apresentar resultados do trimestre onde registou perdas de 1.100 milhões de dólares. Já a Disney anunciou as contas depois do mercado fechar, mas fechou a subir 1,1%. Depois do fecho ficou a saber-se que a Disney superou as previsões nos resultados, mesmo sem contar com as receitas do Avengers.

O Dow Jones subiu ligeiramente (+0,01% para 25.967,3 pontos) em contraciclo com os dois outros índices de Wall Street. O Nasdaq caiu 0,26% para 7.943,3 pontos e o S&P 500 desceu 0,16% para 2.879,4 pontos. Isto num dia em que a Bloomberg noticiou que a China prepara tarifas alfandegárias para os produtos norte-americanos de retaliação.

Na China há a registar a desilusão no excedente comercial chinês em abril.

A nível empresarial a empresa Lyft, rival da Uber nos EUA, tombou 10,84% depois de apresentar resultados do trimestre onde registou perdas de 1.100 milhões de dólares. O que traduz um resultado por ação negativo de 9,02 euros, pior do que o previsto pelos analistas. Apesar de as receitas terem subido 95% para 776 milhões de dólares.

Já a Disney anunciou as contas depois do mercado fechar, mas fechou a subir 1,1%. Depois do fecho ficou a saber-se que a Disney superou as previsões nos resultados, mesmo sem contar com as receitas do Avengers.

A Walt Disney informou, nesta quarta-feira, que obteve no segundo trimestre do ano fiscal de 2019, encerrado em 30 de março, um lucro líquido de 5,4 mil milhões de dólares (ou 3,55 dólares por ação), um aumento de 85,6% em relação ao lucro registado no mesmo período do ano fiscal de 2018.

O Bank of America reportou que tem uma participação de 7,7% no espanhol Liberbank que está em fusão com o Unicaja.

O petróleo subiu 1,03% nos EUA para 62,03 dólares.

(atualiza com lucros da Disney)

Ler mais
Recomendadas

Wall Street fecha em alta com aumento da confiança dos consumidores

No fecho da sessão, desta quarta-feira, o S&P 500 cresce 1,13%, para 2,931.38 pontos, o tecnológico Nasdaq valoriza 1,14%, para 7,755.25 pontos e o industrial Dow Jones sobe 1,22%, para 26,248.0 pontos.

Bolsas da Europa animadas e Lisboa acompanha com subida da Mota, Galp e Navigator

Os mercados europeus fecharam em alta, após um início mais prudente. “Os catalisadores desta subida foram a subida das yields e as expetativas dos investidores em relação à situação política italiana”, diz o BPI.

Wall Street abre em alta à espera das minutas da Fed

Dois exemplos de títulos em destaque na praça nova-iorquina são os da empresa de materiais de Lowe’s Companies Inc, que disparam 11,28%, para 108,91 dólares, e os da cadeia de retalho Target Corporation, que disparam 18,52%, para 101,35 dólares.
Comentários