Zwypit promete substituir as ementas físicas por uma ementa digital no smartphone dos clientes

A empresa pretende ser a plataforma ideal para a criação de ementas digitais para restaurantes aderentes, que estejam a retomar à actividade.

Zwypit é uma nova plataforma de comunicação que chegou ao mercado nacional, como sendo uma solução que permite a substituição da ementa física por uma ementa digital. Esta poderá ser acedida pelo smartphone do cliente através de um link fornecido pelo restaurante, garantindo assim a segurança de funcionários e clientes.

Para tal, o utilizador (neste caso o restaurante) deverá criar um conjunto de slides, que serão partilhado com o cliente através de uma SMS, QR-Core, e-mail, WhatsApp ou redes sociais, para que o cliente aceda à mesma através do browser do seu smartphone, evitando a instalação de software ou aplicações adicionais. Poderá assim disponibilizar toda a informação da ementa, como carta de vinhos, menus especiais, reservas, parcerias, notícias e promoções.

Esta é uma solução que vai ao encontro de uma das diversas medidas necessárias para que a restauração possa retomar progressivamente à actividade, para que os serviços sejam realizados da forma mais segura possível. A plataforma Zwypit antecipa o seu lançamento com uma campanha exclusiva de apoio à restauração, um dos sectores mais afectados pela actual pandemia, que pode ser consultada a partir do seguinte link.

Os planos de subscrição do Zwypit incluem período experimental, slides criados e editados de forma intuitiva na plataforma através de vários templates disponíveis exclusivamente para a restauração, botões de contacto direto e analytics em tempo real. Os valores de adesão variam entre os €7,50/mês para 1 restaurante e os €55/mês até 10 restaurantes.

PCGuia
Recomendadas

PremiumLisboa recebe 15 startups de impacto escolhidas pelo BEI

Escola de negócios IES assegura mentoria na estrutura do modelo de negócio e plano financeiro e na criação de dinâmicas de grupo.

Seis startups e IPSS vencem prémios “Mais Ajuda”

Pixelability – Happies, Speak e The Inventors foram as empresas escolhidas. Quanto às instituições de solidariedade social, conquistaram o júri os projetos da Acreditar, Associação Portuguesa de Crianças Desaparecidas e Associação de Socorros Mútuos Mutualista Covilhanense.

Microsoft junta-se ao programa de aceleração Maze X

A tecnológica ficará encarregue de fornecer, através dos seus especialistas, competências aos empreendedores e acesso às ferramentas da empresa.
Comentários