Associação de Comércio e Indústria do Porto Santo promove duas ações de formação

Uma das ações de formação é de atendimento ao público, com duração de 50 horas, e outra é de português para estrangeiros, com duração de 30 horas. O início das formações está previsto para 22 de fevereiro.

Foto DR

A Associação de Comércio, Indústria, e Turismo do Porto Santo (AICTPS) vai promover duas ações de formação, em fevereiro. Uma destinada ao atendimento ao público e outra para o ensino de português a estrangeiros, que serão ministradas por Dina de Vasconcelos.

A Formação de Atendimento ao Público é direcionada para profissionais da área do atendimento ao público, e tem por objetivo “dotar os formandos de ferramentas fundamentais e essenciais para o desempenho das suas funções. Os conteúdos abordados deverão ter um reflexo expressivo no decorrer das práticas profissionais”, explica a associação.

Esta formação tem uma duração de 50 horas, dividida em três módulos, com conteúdos teóricos e práticas.

A formação de Português para Estrangeiros é direcionada para “cidadãs e cidadãos que desejem ampliar o conhecimento do Português como idioma do país onde escolheram viver, sendo necessário um mínimo conhecimento prévio da língua”.

A formação tem uma duração de 30 horas, está dividida em três módulos, que serão “essencialmente concentrados na oralidade e na escrita, facilitando assim a comunicação oral junto à comunidade e assegurando um melhor entendimento na leitura e na escrita”.

Para a realização destas duas formações são necessários um mínimo de cinco elementos. A formação de Atendimento ao Público terá um máximo de 12 elementos, e a de Português para Estrangeiros um máximo de 10 elementos.

Em ambas as formações estão disponíveis horários em regime laboral e pós-laboral.

As formações devem iniciar-se a partir do dia 22 de fevereiro. Para mais informações pode contactar 965 788 270/ 291 601 669 ou aictportosanto@gmail.com.

Ler mais
Recomendadas

Saiba algumas das medidas aprovadas para reagendamento de eventos

Tem bilhete para um festival ou espectáculo de Verão? Saiba que foram aprovadas novas medidas que contemplam os casos especiais de reagendamento de eventos inicialmente marcados para 2020 e, que, face à evolução da pandemia apenas ocorram em 2022, bem como espetáculos em 2021. Mas, e porque a DECO está preocupada com os direitos e […]

Madeira vai receber 1,9 mil milhões de euros até 2027 de apoios

As verbas dizem respeito ao programa REACT-UE, o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e da reprogramação do quadro financeiro plurianual 21-27, anunciou hoje o vice-presidente do Governo Regional.

CDS-PP alerta para falta de auditores na bolsa de auditores do Funchal

Os centristas questionaram ainda sobre o motivo da não implementação de um plano de segurança nos eventos organizados pelo Município, “tal como a inexistência de qualquer contrato uma empresa de controlo da segurança alimentar, ambas as situações referidas no Plano de Prevenção de Riscos de Gestão”.
Comentários