Passageiros de voos com origem no Reino Unido ou Brasil obrigados a teste negativo e quarentena

Medidas foram anunciadas este sábado pelo Ministério da Administração Interna e entram em vigor a partir da 00:00 do dia 7 de março e prolongam-se até às 23h59 do dia 16 de março.

Tiago Petinga/Lusa

Os passageiros cujos aviões tenham origem inicial no Reino Unido ou no Brasil e com escala realizada em outros aeroportos e cujo destino seja Portugal Continental terão de realizar um teste PCR negativo para Covid-19 realizado 72 horas antes da viagem e uma quarentena de 14 dias após a chegada a Portugal.

Estas medidas foram anunciadas este sábado, 6 de março, pelo Ministério da Administração Interna (MAI) em comunicado e entram em vigor a partir da 00:00 do dia 7 de março e prolongam-se até às 23h59 do dia 16 de março.

O Ministério da Administração Interna indica que as companhias aéreas “têm de remeter às autoridades de saúde a listagem dos passageiros cujo trânsito com proveniência do Reino Unido ou do Brasil é do seu conhecimento”, pode ler-se no documento.

Os 14 dias de isolamento profilático terão de ser cumpridos no domicílio ou “em local indicado pelas autoridades de saúde, ou aguardar pelo voo de ligação aos respetivos países de destino final em local próprio no interior do aeroporto”, refere o despacho publicado em Diário da República.

“Tendo em conta as mais recentes recomendações da União, relativas à restrição temporária das viagens não indispensáveis para a UE e ao eventual levantamento de tal restrição, mantém-se a necessidade de prorrogação das medidas restritivas do tráfego aéreo, devidamente alinhadas com as preocupações de saúde pública que se mantêm presentemente”, explica o documento.

Recomendadas

Covid-19: Portal do auto-agendamento para vacinação começa hoje a funcionar (com áudio)

As pessoas com mais de 65 anos já podem escolher a data e o local para serem vacinados através do Portal do Auto-agendamento para Vacinação contra a Covid-19, que entra esta sexta-feira em funcionamento.

Covid-19: Incidência acumulada na Alemanha continua a subir

A incidência acumulada de covid-19 em sete dias aumentou na Alemanha para 164 casos por 100 mil habitantes, em comparação com 161,1 de quinta-feira, com 27.543 novas infeções nas últimas 24 horas.

Movimento ‘Save the Travel Industry’ escolhe o Algarve para mostrar que é possível viajar em segurança

Com este propósito, seis representantes de reconhecidas agências de viagens do mercado alemão, que integram este movimento, estão na região do Algarve durante uma semana, de 18 até ao próximo dia 25 de abril.
Comentários