Energia & Ambiente

Governo investiu 388 milhões de euros ao abrigo do Fundo Ambiental em 2019

O Fundo Ambiental foi criado em 2016, entrando em vigor em 2017, para apoiar políticas de desenvolvimento sustentável, contribuindo para o cumprimento de compromissos nacionais e internacionais, relativos às alterações climáticas, aos recursos hídricos, aos resíduos, à conservação da natureza e à biodiversidade.

Presidência da Eurorregião Alentejo-Algarve transita para a Andaluzia

O presidente Junta da Andaluzia, Juan Moreno, lidera agora a eurorregião Alentejo-Algarve-Andaluzia – a designada EuroAAA -, defendendo que esta estrutura deve ter maior ambição na Europa. Já anunciou que quer albergar a próxima Cimeira Ibérica Espanha-Portugal

Conferência que começou como acidente quer mudar as cidades

“Depois de anunciarmos, alugámos um espaço onde cabiam 200 pessoas mas nunca pensámos encher. No fim, acabámos com mais de mil pessoas de mais de 30 países”, afirma o fundador do projeto.

Polícia polaca recorre a drones para vigiar cidadãos “poluentes”

A Polónia tem 30 das 50 cidades mais poluídas da União Europeia. Como tal, o governo polaco está a investir na transição das energias poluentes paras as energias verdes. O uso de drones foi pensado para ajudar as autoridades a investigar as casas que não cumprem com o novo plano energético.

Ascenso Simões votará contra se Orçamento do Estado incluir taxa a empresas de celulose proposta pelo Bloco de Esquerda

Deputado socialista reage a declarações do ministro do Ambiente, Matos Fernandes, que desafiou o Bloco de Esquerda a apresentar uma medida que admite ter sido “esquecida” por si enquanto novo responsável pela tutela das florestas. Algo que esse partido já fez, entregando uma proposta de aditamento ao Orçamento do Estado para 2020.

Colapso dos corais e desaparecimento da Amazónia vão custar mais de 2,6 biliões à economia mundial

A probabilidade de riscos ambientais ocorrerem esta década figuram no topo dos receios dos inquiridos para o relatório ‘Global Risks Report 2020’. O colapso dos recifes e o desparecimento da Amazónia estão entre os principais desastres ambientais com elevado impacto para a economia mundial. Só o desaparecimento da floresta Amazónica poderá ter custos económicos superiores a três biliões de dólares.
Ver mais artigos