JE TV

OE 2020 em debate na SEDES. Assista à conversa com Paulo Trigo Pereira e Joaquim Miranda Sarmento

Sessão de ‘fim de tarde na SEDES com quem sabe’, será uma conversa com os professores do ISEG Paulo Trigo Pereira e Joaquim Miranda Sarmento sobre o Orçamento do Estado 2020.

Isabel dos Santos em entrevista à BBC: “Autoridades angolanas embarcaram numa caça às bruxas muito seletiva”

Numa entrevista ao programa Panorama, da estação pública de televisão britânica BBC, que será divulgado hoje às 19:30 de Lisboa, Isabel dos Santos argumentou que “as autoridades angolanas embarcaram numa caça às bruxas muito, muito seletiva, que serve o propósito de dizer que há duas ou três pessoas relacionadas com a família dos Santos”.

“Problemas no setor de aviação convertem-se em oportunidades”, considera CEO da EuroAtlantic

Quais os grandes desafios que o setor da aviação vai ter que ultrapassar? Eugénio Fernandes, CEO da EuroAtlantic, esclarece que a empresa funciona em contraciclo com o mercado e que os problemas no setor convertem-se em oportunidades. Quanto aos problemas, este responsável aponta a falta de pessoal como questão a ultrapassar.

“Este governo tem um problema que é a imprevisibilidade”

João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, à Antena1/Jornal de Negócios, diz que “este governo tem um problema que é a imprevisibilidade”, uma vez que não há acordo com os partidos à esquerda e por isso não se sabe que posição vão tomar.

Jogo Económico estreia este sábado n’ “A Bola TV”

Este programa, que visa abordar as vertentes económicas e financeiras do futebol e de outras modalidades conta no painel residente com a presença do economista e comentador de A Bola TV, Diogo Luís, do jornalista João Marcelino e do advogado e consultor Luís Miguel Henrique.

Asiáticos dominam apostas desportivas em Portugal. Quais os riscos e oportunidades? Veja o ‘Jogo Económico’

Em Portugal, foram apostados 13,5 mil milhões de euros nas competições desportivas portuguesas sendo que a maior parte (78,5%) saiu dos bolsos dos apostadores orientais, com destaque para a China. Que riscos e oportunidades estão inerentes a esta realidade?
Ver mais artigos