Objetivo

A Europa e o Estado

O Governo tem a obrigação de transformar a máquina do Estado, a reboque de uma crise única, numa estrutura empresarial competente, que cumpra os seus compromissos em tempo útil.

Tempo de unidade

Apenas espíritos que não vivam neste mundo podem detetar objetivos perversos, contra a Democracia e as Liberdades, nesta decisão de declarar o Estado de Emergência.

O desafio

Nenhum défice, nenhum triunfo contabilístico pode valer a confiança das pessoas e a vida de qualquer português. Isso tem de ser assumido com clareza pelo Governo.

O caso Vaz das Neves

O sorteio de distribuição de processos pelos juízes, feito através de um programa informático desde maio de 2014, tem tantas exclusões que poderá, afinal, ser dirigido quase tão precisamente como um drone em direção ao destino.

Ainda Rui Pinto

Escolher entre quem dá a conhecer e quem se especializou em ocultar será, cada vez mais, uma batalha da Democracia do futuro. Entre Ana Gomes e Proença de Carvalho a opção parece-me simples.

A coutada dos partidos

As democracias mais consolidadas não têm medo da vontade dos seus cidadãos. Seja na eutanásia, seja no que for.
Ver mais artigos