180 kms de caminhos florestais já sofreram intervenção na Madeira

O objetivo passa por garantir mais segurança à população, através da remoção de espécies invasoras e na melhoria dos acessos.

São 180 kms que já foram alvo de intervenção na Madeira pelo executivo madeirense, sendo que na Ponta do Sol estão 30 kms.

O objetivo desta intervenção passa por “garantir mais segurança” à população, através da remoção de vegetação invasora “criando uma faixa corta-fogo” no interior da mancha florestal, e na melhoria dos acessos da população, de “facilitando a passagem aos seus terrenos e permitindo a atividade silvícola e a gestão ativa” destas áreas.

Entre os caminhos que estão a ser intervencionados encontra-se uma zona da Estrada Regional que liga os Canhas ao Paul da Serra, que será visitado esta quarta-feira por Susana Prada, secretária regional do Ambiente e Recursos Naturais.

Recomendadas

Madeira: Jovens que não estudam nem trabalham podem candidatar-se a estágios profissionais do PO ISE

O Instituto de Emprego da Madeira (IEM), enquanto organismo responsável por este programa vai ter até dia 14 de novembro de 2019 para apresentar a sua candidatura ao financiamento público concedido no âmbito deste programa.

Madeira: Mesa nacional do BE confirma mau resultado eleitoral e apela a reflexão aprofundada

A resolução aprovada pela mesa nacional do be diz que o partido na região autónoma deve “manter a sua luta de sempre e será oposição ao governo PSD/CDS da Madeira”.

Porto Bay inaugura novo hotel na Madeira

O grupo hoteleiro Porto Bay vai inaugurar esta segunda-feira um novo hotel na Madeira chamado Les Suits at The Cliff Bay. Trata-se de uma unidade hoteleira de cinco estrelas com 25 suítes de luxo, localizado na Estrada Monumental, no Funchal, com uma área de seis mil metros quadrados. A unidade possui um restaurante que será […]
Comentários