3 mil milhões de euros. Primeira tranche do apoio europeu a Portugal chega esta terça-feira

Este valor de 3 mil milhões de euros, que está incluído no programa SURE, com um valor total de 5.900 milhões de euros para ajuda ao emprego, destina-se a apoiar trabalhadores e empresas e vai ser financiado através de um empréstimo a Portugal por parte da Comissão Europeia.

Ursula von der Leyen e António Costa | Cristina Bernardo

Ursula von der Leyen revelou esta segunda-feira em entrevista à “RTP” que a primeira tranche do apoio europeu a Portugal chega esta terça-feira, com um montante de 3 mil milhões de euros.

Este valor de 3 mil milhões de euros, que está incluído no programa SURE, com um valor total de 5,9 mil milhões de euros para ajuda ao emprego, destina-se a apoiar trabalhadores e empresas e vai ser financiado através de um empréstimo a Portugal por parte da Comissão Europeia.

“Tenho boas notícias para Portugal, porque, a partir de amanhã, Portugal irá receber a primeira tranche do programa de auxílio que disponibilizará a Portugal 3 mil milhões”, referiu von der Leyen à RTP.

Esta primeira tranche destina-se a atenuar os riscos de desemprego numa situação de emergência e irá permitir o financiamento de medidas de apoio à proteção dos contratos e saúde no trabalho, de acordo com a revelação de von der Leyen à RTP.

No final de outubro, Portugal assinou o contrato de empréstimos a custos favoráveis ao abrigo do programa europeu de apoio ao emprego SURE e o Governo estima que cerca de metade dos 5,9 mil milhões de euros previstos sejam desembolsados este ano.

“O ministro de Estado e das Finanças assinou o contrato de empréstimo no quadro do instrumento SURE – Temporary Support to mitigate Unemployment Risks in an Emergency, o instrumento europeu de apoio temporário para atenuar os riscos de desemprego numa situação de emergência, no montante total de 5,9 mil milhões de euros”, informou o gabinete de João Leão, num comunicado divulgado esta terça-feira.

Ler mais

Relacionadas

SURE: Governo prevê que três mil milhões de euros de Bruxelas cheguem a Portugal já este ano

Ministério das Finanças anunciou que assinou esta segunda-feira o contrato de empréstimos ao abrigo do programa europeu de apoio ao emprego, tendo o mesmo sido já remetido à Comissão Europeia.

Bruxelas vai emitir até 100 mil milhões de euros em obrigações sociais para financiar o SURE

A emissão de obrigações sociais para financiar o programa SURE levou ao desenvolvimento pela Comissão Europeia de um quadro que quer garantir aos investidores a confiança de que os países investem as verbas em fins sociais, obrigando a um reporte do modo como os fundos foram afetados.
Recomendadas

Ferro Rodrigues destaca papel dos parlamentos na recuperação europeia

O presidente da Assembleia da República destacou esta sexta-feira a urgência de pôr em marcha o Fundo de Recuperação europeu e realçou o papel dos parlamentos dos Estados-membros para a que verbas sejam desbloqueadas.

“É quase inevitável que o crédito malparado começe a aumentar novamente”, diz Dombrovskis

Vice-presidente da Comissão Europeia realça que o malparado diminuiu na banca portuguesa nos últimos anos. No entanto, admite que a crise provocada pela pandemia se irá traduzir num aumento quase “inevitável” do crédito malparado, destacando por isso o Plano de Ação de Bruxelas para combater os créditos improdutivos.

Recuperação da economia portuguesa não acompanhará ritmo da europeia

A recuperação da economia portuguesa após a crise pandémica “deverá acompanhar apenas temporalmente a recuperação europeia, mas não o seu ritmo”, segundo o relatório trimestral da consultora SaeR (Sociedade de Avaliação de Estratégia e Risco) divulgado esta sexta-feira.
Comentários