Ministra do Mar apresenta primeira edição das startups do ‘Bluetech Accelerator’

Esta primeira edição do programa ‘Bluetech Accelerator’ tem como foco estratégico a digitalização do setor portuário, ‘shipping’ e logística marítima, estando previsto que sejam conhecidos os primeiros seis parceiros empresariais da iniciativa.

Cristina Bernardo

A ministra do Mar vai esta quarta-feira, dia 30 de janeiro, pelas 11 horas, no auditório do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), em Algés, apresentar as novidades da primeira edição do ‘Bluetech Accelerator’, um programa de aceleração de ‘startups’ ligadas à Economia do Mar, desenvolvido em conjunto com a Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD).

Esta primeira edição do programa tem como foco estratégico a digitalização do setor portuário, ‘shipping’ e logística marítima, estando previsto que sejam conhecidos os primeiros seis parceiros empresariais da iniciativa.

O programa ‘Bluetech Accelerator – Ports & Shipping 4.0’, será apresentado por Ruben Eiras, diretor-geral de Política do Mar, e por Pedro Rocha Vieira, CEO da Beta-i. Seguir-se-á a cerimónia de entrega dos galardões ‘Bluetech Pioneers’ e uma intervenção do presidente do Ocean Assets Institute, Michael Adams.

Depois, irá discursar Ana Paula Vitorino, terminado a sessão com um momento de degustação de produtos da pesca sustentável.

Recomendadas

Farfetch escolhe mais sete startups para acelerar e uma delas é portuguesa

O programa de empreendedorismo da tecnológica contará, na terceira edição, com a BECOCO, Brandpoint Analytics, Change of Paradigm, Inline Digital, Mirow, Personify XP e a Springkode.

Novo Banco faz fusão por incorporação com BES das Ilhas Caimão

Contactada pela Lusa, fonte oficial do Novo Banco confirmou a informação, explicitando que se trata de uma fusão por incorporação.

BCP ficou com 10,9% na Inapa que quer vender no mercado

O BCP ficou diretamente (sem contar com a participação do Fundo de Pensões) com 10,88% da Inapa que quer vender no mercado paulatinamente, para não perturbar a bolsa.
Comentários