Ministra do Mar apresenta primeira edição das startups do ‘Bluetech Accelerator’

Esta primeira edição do programa ‘Bluetech Accelerator’ tem como foco estratégico a digitalização do setor portuário, ‘shipping’ e logística marítima, estando previsto que sejam conhecidos os primeiros seis parceiros empresariais da iniciativa.

Cristina Bernardo

A ministra do Mar vai esta quarta-feira, dia 30 de janeiro, pelas 11 horas, no auditório do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), em Algés, apresentar as novidades da primeira edição do ‘Bluetech Accelerator’, um programa de aceleração de ‘startups’ ligadas à Economia do Mar, desenvolvido em conjunto com a Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD).

Esta primeira edição do programa tem como foco estratégico a digitalização do setor portuário, ‘shipping’ e logística marítima, estando previsto que sejam conhecidos os primeiros seis parceiros empresariais da iniciativa.

O programa ‘Bluetech Accelerator – Ports & Shipping 4.0’, será apresentado por Ruben Eiras, diretor-geral de Política do Mar, e por Pedro Rocha Vieira, CEO da Beta-i. Seguir-se-á a cerimónia de entrega dos galardões ‘Bluetech Pioneers’ e uma intervenção do presidente do Ocean Assets Institute, Michael Adams.

Depois, irá discursar Ana Paula Vitorino, terminado a sessão com um momento de degustação de produtos da pesca sustentável.

Recomendadas

Novo Banco contrata investigadores privados para seguir Nuno Vasconcellos

O Novo Banco tomou esta decisão para recolher informação e material que possa ser utilização em eventuais ações judiciais de cobrança de dívias que a Ongoing deixou por pagar em Portugal
Supermercados

Vendas do Grupo DIA caíram 9% em 2019, mas há uma tendência de mudança em Portugal

O grupo retalhista presente no mercado nacional garante sinais de inflexão de queda na operação em Portugal, mas não revela números.

Coronavírus: Ligações da Easyjet a partir de Portugal para Itália não serão afetadas por enquanto

A easyJet diz que, por enquanto, os voos da companhia entre Portugal e Itália não estão afetadas e que está a acompanhar o evoluir da situação no norte de Itália, onde o Covid-19 já matou 14 pessoas e infetou pelo menos 400.
Comentários