500 milhões chegam para a TAP em 2021? Governo diz que plano de reestruturação vai dar “valor mais certo”

O ministro das Finanças disse hoje que a “TAP está a desenvolver de forma intensa o plano de reestruturação”.

Os 500 milhões de euros previstos para a TAP em 2021 visam assegurar as “necessidades de financiamento de curto prazo”, disse hoje o ministro das Finanças.

“A TAP está a desenvolver de forma intensa o plano de reestruturação, e terá de ser submetido à Comissão Europeia”, disse João Leão em conferência de imprensa.

Este plano visa a “melhoria na eficiência operacional da empresa” e a “melhoria da parte financeira da empresa”.

“Apenas na sequência do plano de reestruturação teremos um valor mais certo”, disse o governante.

Em 2021, “será preciso ajudar a empresa, dar a garantia para assegurar necessidades  de financiamento de curto prazo”

João Leão explicou que este “não é um empréstimo direto, mas é uma garantia para a empresa ter liquidez”.

“Tudo indica que no próximo ano serão precisas algumas verbas, a nossa estimativa é de 500 milhões”, destacou, apontando que este é um cenário base.

O ministro apontou que o setor da aviação vive um “contexto muito incerto. A evolução da pandemia vai ser determinante para evolução do setor. Não sabemos como vai ser a evolução da pandemia”.

Para 2021, o Governo prevê que a economia portuguesa venha a crescer 5,4% após uma quebra recorde de 8,5% este ano.

O défice orçamental deverá atingir os 7,3% do PIB este ano, descendo para os 4,3% em 2021.

Já a dívida pública deverá sofrer uma descida dos 134,8% do PIB em 2020 para os 130,9% no final do próximo ano.

O executivo de António Costa prevê arrecadar 43.850 milhões de euros em impostos em 2021, mais 2.839 milhões de euros (mais 7%) face à estimativa para este ano.

Os impostos que mais contribuem para este aumento são o IVA e o IRC com aumentos de 1.228 milhões e 1.167 milhões de euros, respetivamente.

As novas medidas do OE 2021 vão ter um custo orçamental de 1.947 milhões de euros, o equivalente a quase 1% do PIB.

Ler mais
Relacionadas
TAP Portugal

OE 2021: Governo reserva 500 milhões para a TAP no próximo ano

O Governo prevê injetar a totalidade dos 1.200 milhões de euros este ano na companhia aérea. Para o próximo ano, vai por de parte 500 milhões.
Recomendadas

TAP propõe acordo com tripulantes para vigorar até final de 2024

O acordo, segundo o qual “as medidas acordadas referentes a retribuições e outras prestações pecuniárias, retributivas ou não, produzem efeitos a 1 de janeiro de 2021”, estabelece a suspensão “das tabelas salariais e remuneratórias em vigor à data da entrada em vigor deste acordo, incluindo as constantes de normativo específico de cada função e/ou de acordos individuais”.

Turismo do Centro apresenta novas iniciativas para as Rotas das Invasões Francesas

O destaque vai para a apresentação das rotas turísticas relativas à Terceira Invasão Francesa, que teve início em julho de 1810 e terminou em abril de 1811. No território nacional, a invasão iniciou-se em Almeida e continuou para o Bussaco, onde teve lugar uma importante batalha, tendo terminado nas Linhas de Torres Vedras, de onde os franceses retiraram em perda.

Pilotos do porto de Aveiro resgatam navio da ETE

Depois de ativados os procedimentos de segurança, os serviços técnicos de pilotagem do porto de Aveiro em colaboração com os rebocadores e em articulação com a Capitania, “a operação do salvamento do navio e tripulação foi realizada com sucesso, encontrando-se o navio atracado em segurança”.
Comentários