80.900 portugueses já pediram estatuto de residente no Reino Unido

“Em poucos meses, centenas de milhares de cidadãos da UE e as suas famílias garantiram os seus direitos. Os cidadãos da UE e as suas famílias têm até 31 de dezembro de 2020 para se candidatarem e não queremos que ninguém seja deixado para trás”, afirmou o ministro do Interior do Reino Unido

Cerca de 80.900 portugueses já pediram o estatuto de residente no Reino Unido, necessário para depois do Brexit, divulgou hoje o ministério do Interior britânico, que já recebeu, no total, 861.100 candidaturas de cidadãos europeus e familiares.

O ministro do Interior, Sajid Javid, mostrou-se satisfeito com o progresso do sistema de regularização migratório para os cidadãos da União Europeia, Suíça, Noruega e Liechtenstein, aberto no âmbito do processo da saída do Reino Unido da UE.

“Em poucos meses, centenas de milhares de cidadãos da UE e as suas famílias garantiram os seus direitos. Este é um grande progresso, mas temos mais a fazer. Os cidadãos da UE e as suas famílias têm até 31 de dezembro de 2020 para se candidatarem e não queremos que ninguém seja deixado para trás”, afirmou hoje.

O estatuto de residente no Reino Unido é obrigatório para depois do ‘Brexit’ e garante o acesso ao mercado de trabalho, serviços públicos como a educação, saúde e serviços sociais.

O estatuto de residente permanente é atribuído àqueles com cinco anos consecutivos a viver no Reino Unido, enquanto que os que estão há menos de cinco anos no país terão um título provisório até completarem o tempo necessário.

Este não é um direito automático, mas tem de ser solicitado e concedido pelas autoridades britânicas, sendo o procedimento, gratuito e feito exclusivamente através da Internet.

O governo português estima que residam no Reino Unido cerca de 400 mil portugueses.

O Reino Unido tinha previsto sair da UE a 29 de março, mas este prazo foi prorrogado para 31 de outubro.

Ler mais
Recomendadas

Estados Unidos registam quase 55 mil infetados em 24 horas

Os Estados Unidos registaram 54.999 infetados por Covid-19 nas últimas 24 horas e elevou o total de casos confirmados para 2.931.142, de acordo com um balanço da Universidade Johns Hopkins.

Covid-19: Vírus já matou 535.025 e infetou mais de 11,5 milhões no mundo

A pandemia do novo coronavírus já matou 535.025 pessoas e infetou mais de 11,5 milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP, às 19h00 TMG de hoje, baseado em dados oficiais dos países.

Miguel Stilwell de Andrade é o novo CEO interino da EDP

Enquanto António Mexia estiver suspenso das suas funções de CEO, será substituído, de forma interina, por Miguel Stilwell de Andrade, que acumulará ainda as funções de CFO da EDP. Empresa rejeita ter cometido qualquer irregularidade ou ter sido beneficiada na substituição dos CAE pelos CMEC.
Comentários