Abel Mateus: sobrecusto da energia já custou cerca de 23 mil milhões de euros aos consumidores

“A redução deste fardo é o desafio que se põe a este parlamento”, apelou o antigo presidente da Autoridade da Concorrência.

O antigo presidente da Autoridade da Concorrência Abel Mateus estimou esta terça-feira que “no setor elétrico os consumidores já suportaram um sobrecusto de cerca de 23 mil milhões de euros”, defendendo a necessidade de reduzir “este fardo”.

Abel Mateus esteve esta manhã a ser ouvido na comissão parlamentar de inquérito às rendas excessivas de energia e, no final da sua intervenção inicial, defendeu a necessidade de reduzir “o esforço de subsidiação dos portugueses”.

“No setor elétrico os consumidores já suportaram um sobrecusto de cerca de 23 mil milhões de euros”, estimou.

A este sobrecusto junta-se, segundo o antigo presidente da Autoridade da Concorrência, os 25 mil milhões de euros que os contribuintes “já foram chamados a contribuir” para o setor bancário.

“A redução deste fardo é o desafio que se põe a este parlamento”, apelou.

Recomendadas

Portugal emite mil milhões de euros em dívida a curto prazo à taxa mais negativa de sempre

Portugal fixou um novo mínimo histórico nas taxas de emissão de dívida a curto prazo. Na maturidade a 11 meses o Tesouro pagou -0,557% e a três meses -0,563%.

Trump cancela viagem à Dinamarca porque a Gronelândia não está à venda

Donald Trump ficou chateado por a primeira-ministra da Dinamarca anunciar que a ideia da compra da Gronelândia era “absurda” e que a maior ilha do mundo “não está à venda”.

Leite achocolatado, bolachas e cereais para crianças deixam de ter publicidade

A lei da publicidade vai apertar a partir do próximo mês de Outubro. As multas para os que infringirem a lei da publicidade ronda os 1.750 euros e 45 mil euros. Outros produtos que deixarão de ser publicitados a este público são também 90% dos cereais de pequeno almoço e 72% dos iogurtes que estão no mercado.
Comentários