Abreu Advogados integra Pedro Barosa em Penal

O advogado esteve 14 anos na PLMJ e passou este mês a ser sócio contratado da firma liderada por Duarte d’Athayde.

A Abreu Advogados integrou recentemente Pedro Barosa como novo sócio contratado para a área de Direito Penal, Contraordenacional e Compliance. O ex-associado sénior da PLMJ esteve durante 14 anos nesta firma e iniciou as novas funções no escritório liderado por Duarte d’Athayde no início deste mês de julho.

“Não é fácil deixar uma grande sociedade de advogados onde se trabalhou 14 anos, e só mesmo a Abreu – com cujos valores me identifico – para me fazer agarrar esta oportunidade”, admite o advogado, que se tem dedicado essencialmente a processos de criminalidade económico-financeira, representando cargos da banca portuguesa, empresas familiares e private clients.

Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa, Pedro Barosa conta ainda duas pós-graduações, em Psicologia Forense e Criminal pelo United Nations Interregional Crime and Justice Institute (das Nações Unidas) e em Gestão e Direito das Empresas pela Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa.

A Abreu – que agora tem 12 sócios contratados, num universo de 28 sócios – encara o reforço deste departamento com “naturalidade”, uma vez que pretende autonomizar uma equipa de assessoria focalizada em temas de Penal. “Existe uma necessidade cada vez maior na área do direito penal económico e os clientes precisam de um acompanhamento próximo e imediato. Este é um desafio profissional que abraço com muito entusiasmo”, refere Pedro Barosa.

O managing partner da Abreu Advogados considera que esta área é “cada vez mais importante” na sociedade, tendo em conta que é “onde crescem as solicitações em temas tão críticos para as empresas como o compliance, o branqueamento de capitais e as contraordenações”.

“Temos muito respeito pelo Pedro e pelo trabalho que este tem desenvolvido na sua afirmação como um dos novos talentos no Direito Penal em Portugal, pelo que achamos que esta só poderá ser uma aposta vencedora para a equipa da Abreu advogados e para os nossos clientes”, afirma Duarte de Athayde.

Ler mais
Recomendadas

Tecnologia e ‘know how’ são decisivos para os escritórios de advogados nacionais

As sociedades de média e grande dimensão têm apostado na integração de pequenas firmas que trazem know how em áreas chave. E ninguém fica indiferente ao desafio das novas tecnologias.

Um novo paradigma: jurista global e digital

Não menos importante do que preparar os novos juristas para trabalhar num mundo global, é desenvolver neles um forte sentido crítico e a consciência de que o Estado de Direito democrático não é um dado adquirido.

PLMJ recebe evento da Startupbootcamp

Esta terça-feira, 15 a 20 startups realizam diversos pitches nesta sociedade de advogados.
Comentários