Acha que fez uma boa tese de doutoramento? Já abriram as inscrições ao Prémio Científico Mário Quartin Graça

Parceria entre o Santander e a Casa América Latina volta a premiar investigações de estudantes portugueses e latino-americanos. As inscrições para a 12 ª edição decorrem até 31 de maio. A melhor tese de cada categoria recebe um prémio pecuniário no valor 3 mil euros.

Decorrem até 31 de maio as candidaturas para o Prémio Científico Mário Quartin Graça 2021, uma parceria do Banco Santander e da Casa da América Latina, que distingue anualmente as melhores teses de doutoramento realizadas em Portugal e na América Latina.

A iniciativa, que vai na 12ª edição, destina-se a estudantes oriundos de um destes países, com investigações realizadas nas áreas de Ciências Sociais e Humanas, Tecnologias e Ciências Naturais e Ciências Económicas e Empresariais.

A eleição baseia-se fundamentalmente em três critérios: originalidade do tema, relevância no âmbito do estreitamento de relações entre os países referidos e  qualidade da investigação.

A melhor tese de cada categoria recebe um prémio pecuniário no valor 3 mil euros.

Desde a sua criação até à data, o Prémio Científico Mário Quartin Graça mobilizou 723 candidaturas, sendo o maior número proveniente de Portugal e do Brasil. No total, foram atribuídos  33 prémios. Só na última edição foram avaliadas 85 teses.

Recomendadas

Escolas de negócios respondem à pandemia com novos programas

Inovação & Empreendedorismo, International Business e Branding Territorial são exemplos de temáticas que em 2021 chegam ao mercado.

Equipa do equipa do INESC TEC vence grande prémio de inovação da Casa da Moeda

O projeto Identidade Digital Inclusiva Não Autoritativa assegura um dos direitos fundamentais dos cidadãos: o registo de identidade. “É exatamente aquilo que procuramos distinguir e implementar”, afirmou Gonçalo Caseiro, presidente da Imprensa Nacional – Casa da Moeda, na entrega do prémio.

Alunos de MBA da Porto Business School vencem competição global

Solução de aquicultura para peixes alimentados com insetos criada por uma equipa do The International MBA da Porto Business School destaca-se em competição mundial com 85 equipas participantes.
Comentários