Açores apresentam projeto para apoiar inovação na oferta turística

O projeto CREATOUR AZORES, que visa apoiar organizações e empresas turísticas e culturais com sede nos Açores para diversificarem e inovarem a sua oferta turística, é apresentado na terça-feira em Ponta Delgada, anunciou hoje o Governo açoriano.

Segundo a Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, na sessão de apresentação estarão “os projetos-piloto parceiros selecionados” no âmbito do CREATOUR AZORES para desenvolverem atividades de “turismo criativo”.

Numa nota enviada às redações, o Governo açoriano explica que se trata de “um projeto de investigação aplicada sobre turismo criativo”, cujo principal objetivo é “apoiar organizações e empresas turísticas e culturais, com sede na Região, a diversificarem e inovarem a sua oferta turística”.

O projeto apresenta “sinergias com outras regiões de Portugal continental, onde este modelo de turismo criativo foi implementado através do projeto CREATOUR”, lê-se na mesma nota.

De acordo com a Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, o CREATOUR AZORES pretende também, através da abordagem do turismo criativo, promover “a sustentabilidade cultural potenciando atividades artísticas e criativas que desempenhem um papel determinante no desenvolvimento socioeconómico”.

“Através destas experiências, os turistas terão oportunidades de participar ativamente em atividades criativas, proporcionando oportunidades de aprendizagem, autoexpressão criativa e interação com as comunidades locais”, especifica.

O projeto pretende ainda “reforçar o conhecimento sobre os segmentos de mercado de turismo criativo específicos que a Região pode atrair”.

O CREATOUR AZORES (com informações disponíveis no site http://creatour.pt/azores) é coordenado pelo Observatório do Turismo dos Açores e desenvolvido em parceria com a Universidade dos Açores/Fundação Gaspar Frutuoso e com o Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES), sendo financiado pelo FEDER, através do Programa Operacional Açores 2020, e por fundos regionais, através da Direção Regional para a Ciência e Tecnologia.

Ler mais
Recomendadas

Epson Europa vê Portugal como “mercado totalmente estratégico”

Raúl Sanahuja, responsável de Relações Públicas e Comunicação da Epson, considera que as empresas portuguesas são mais “ousadas” e “lançadas” na integração de tecnologia de impressão.

“Problemas no setor de aviação convertem-se em oportunidades”, considera CEO da EuroAtlantic

Quais os grandes desafios que o setor da aviação vai ter que ultrapassar? Eugénio Fernandes, CEO da EuroAtlantic, esclarece que a empresa funciona em contraciclo com o mercado e que os problemas no setor convertem-se em oportunidades. Quanto aos problemas, este responsável aponta a falta de pessoal como questão a ultrapassar.

PremiumPartner da Peugeot lidera vendas nacionais da marca

Jean-Philippe Imparato explicou ao Jornal Económico a evolução global da marca no ano passado, com uma quebra de 8,8% registada nas suas vendas mundiais (excluído o mercado do Irão).
Comentários