PremiumAveleda garante que investimento no Algarve é a longo prazo

A Aveleda planeou investir 42 milhões de euros entre 2015 e 2020 na compra de propriedades, algumas em novas regiões, como o Douro ou o Algarve.

A Aveleda é uma das maiores produtoras vitivinícolas nacionais e encerra em 2019 um ciclo de três anos de forte expansão, detendo hoje dez propriedades – Quintas da Aveleda, Lagares, Lousada, Celorico, Ruivães e Cabração (2018) nos Vinhos Verdes; Quintas Vale de D. Maria (2017) e Vale do Sabor, no Douro; Quinta d’Aguieira, na Bairrada; e Villa Alvor, no Algarve. A empresa definiu um plano estratégico entre 2015 e 2020 que previa um investimento de 42 milhões de euros em aquisições de propriedades, algumas em novas regiões, como o Douro ou o Algarve. A um ano do fim desse horizonte temporal, o grupo diz estar “em linha” com os objetivos de investimento traçados.

Artigo publicado na edição semanal de 9 de agosto, de 2019, do Jornal Económico. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

Recomendadas

Diretor da Salesforce em Portugal: “Se as empresas investirem no digital sem pensar no médio e longo prazo a experiência do utilizador é má”

Estudo da tecnológica norte-americana conclui que a grande maioria (89%) dos clientes considera que a maneira como uma empresa age durante uma crise demonstra a confiança que é possível ter nela. “Os nossos planos investimento são pessoas, geração de emprego, que é sempre muito importante para a nossa economia”, diz Fernando Braz ao Jornal Económico.

Rede internacional de cabeleireiros critica promoção de “prestação de serviços de beleza ao domicílio”

A Jean Louis David, impedida de trabalhar devido às proibições decretadas pelo Governo durante o confinamento geral, “não considera aceitável que esta situação possa existir”, referindo-se à publicação do estudo que aborda o aumento da procura por estes serviços fornecidos em domiciliário.

Tecnológica IBM expande serviços de cloud híbrida com banca e saúde na mira

A “IBM Cloud Satellite” pretende permitir aos clientes – altamente regulados e com um grande volume de informação para processar -controlarem o armazenamento das suas informações e de grandes quantidades de dados online.
Comentários