“Adorava abrir tudo”. ‘Mayor’ de Las Vegas quer empregos de volta mas não tem plano de contingência

Em entrevista ao jornalista Anderson Cooper, transmitida no canal CNN, Carolyn Goodman assumiu por diversas vezes que quer a reabertura rápida da cidade, embora nunca apresentasse diretrizes de distanciamento social e segurança.

A ‘mayor’ de Las Vegas, Carolyn Goodman, pretende que a cidade reabra todos os negócios, uma vez que hotéis e casinos estão a sofrer grandes perdas devido à falta de turistas. Em entrevista ao jornalista Anderson Cooper, transmitida no canal CNN, Carolyn Goodman assumiu por diversas vezes que quer a reabertura rápida da cidade, embora nunca apresentasse diretrizes de distanciamento social e segurança.

Num vídeo da entrevista partilhado no Twitter, e apesar de não ter poderes para o fazer, Goodman pediu a reabertura dos casinos, de hotéis, restaurantes e também de pequenos negócios. “Abram Las Vegas”, defendeu a autarca, acrescentando que quer ver ocupados os 155 mil quartos de hotel existentes na cidade, de forma a que o emprego também volte.

Com Anderson Cooper a reforçar a ideia de Goodman, esta sustentou que o jornalista não estava a perceber a sua ideia. “Quero que reabra tudo porque acho que temos vírus há anos e eles estão cá”, referiu a autarca de Las Vegas. Cooper apontou que Goodman estava a tomar uma decisão quando disse que não o iria fazer: “Quer os casinos abertos, os estádios abertos, restaurantes abertos. Quer que Vegas regresse ao que era”.

“Anderson, essa é a sua perspetiva. A realidade é que eu quero que nós reabramos a cidade para que as pessoas possam voltar ao trabalho”, disse Goodman, sustentando que muitos dos cidadãos do estado do Nevada trabalham na cidade dos jogos do azar.

“Nunca fechámos os Estados Unidos. Nunca fechámos o Nevada. Nunca fechámos Las Vegas”, referiu durante a entrevista. Sobre a possibilidade de contágio por Covid-19, caso os casinos reabram, devido à falta de circulação de ar nos espaços fechados e ao facto dos espaços estarem muitas vezes lotados, Carolyn Goodman acusou Anderson Cooper de ser um “alarmista”.

Questionada sobre a existência de distanciamento social dentro dos espaços de comércio e de jogo, Carolyn Goodman sublinhou que cabe aos comerciantes e donos dos espaços perceber como podem abrir com todas as precauções de segurança, não assumindo responsabilidade.

“A senhora é a autarca de Las Vegas e quer que os casinos abram portas, mesmo não tendo autoridade, graças a Deus, sobre os casinos. Quer a abertura dos casinos mas não tem a responsabilidade de como eles o podem fazer de forma segura?”, questionou Anderson. “Não sou dona de um hotel, se o fosse teria o hotel mais limpo com tudo resolvido para que os clientes lá fossem”, sublinha a ‘mayor’.

Ler mais
Recomendadas

OE2021: Aprovada proposta para pagamento em prestações de IVA e IRC até 15 mil euros

A medida aplica-se apenas a tributos cujo valor no momento do requerimento e a pagar em prestações seja inferior a 15.000 euros.

Criadores portugueses de moda abrem loja temporária em Guimarães até 19 de dezembro

Vinte e cinco ‘designers’ da moda portuguesa enviaram recentemente um manifesto, designado por “Uma Voz”, ao Presidente da República e ao primeiro-ministro a pedir estatuto profissional e a vontade de criar uma Ordem dos Designers.

Covid-19: França com aumento de novos casos após 16.282 infetados nas últimas 24 horas

Apesar destes dados, o número de pessoas internadas está agora abaixo das 30 mil pela primeira vez desde 08 de novembro, sendo que 4.136 destas estão nos cuidados intensivos.
Comentários