África e Europa analisam futuras parcerias institucionais e empresariais

1ª Edição do EurAfrican Forum 2018 arranca na próxima terça-feira em Cascais sob a organização do Conselho da Diáspora Portuguesa e o alto patrocínio do Presidente da República Portuguesa. Conferência vai juntar empreendedores, ativistas sociais, líderes africanos e representantes europeus.

Ler mais

Realizado pela primeira vez em Portugal, o EurAfrican Forum junta, na próxima terça-feira, em Cascais líderes africanos e europeus, decisores empresariais e institucionais, influenciadores, empresários e políticos com o propósito de analisar e debater políticas de aproximação entre a África e a Europa, agilizando mecanismos de colaboração e criando novas sinergias entre os dois continentes.

Marcada para o centro de congressos de Cascais, a partir das 8 horas, esta conferência decorre sob o alto patrocínio do Presidente da República e do Governo e tem como responsáveis José Manuel Durão Barroso, Chairman do EurAfrican Forum, que intervém pelas 17 horas,  e Filipe de Botton, presidente da direcção do Conselho da Diáspora Portuguesa cuja preleção está agendada para as 8h45.

Em análise vão estar temas como as alterações climáticas, os desafios demográficos à globalização e à revolução tecnológica, determinantes para o futuro de África e da Europa.  O objetivo é que empresários, influenciadores e empreendedores possam “explorar as potencialidades dos dois blocos geográficos, tendo em vista um desenvolvimento sustentável e que vise a melhoria objetiva da qualidade de vida dos povos”.

Sob  o tema ‘Construir Parcerias Para A Mudança”, este fórum inaugural conta com a participação da directora Executiva da DocConnectAfrica, Sophia Bekele, do CEO do Shoreline Group, William Elong,  do fundador da start-up Will & Brothers, Bethlehem Tilahun Alemu, de Amrote Abdella, Regional Director for Microsoft 4Afrika Initiative, Manuel Mota, CEO da Mota-Engil África, entre muitos outros oradores.

Pelas 11h está agendada a intervenção do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

 

 

Recomendadas
Irlanda cobra impostos à Apple que estão sob disputa jurídica
Embora tenha recorrido da decisão da União Europeia quanto à obrigação de cobrar esses impostos, o Governo da Irlanda já cobrou 13,1 mil milhões euros à Apple, mais 1,2 mil milhões em juros.
O que querem os empresários no OE2019? Revisão do IRS e IRC mas também estabilidade fiscal
Survey da consultora EY identifica estabilidade e simplificação do sistema fiscal como das principais preocupações das empresas. Alterações no regime do IRC e IRS são também identificadas pelos empresários como medidas que esperam ver no Orçamento do Estado.
Esta é a nova garrafa ecológica que ‘promete’ um consumo mais sustentável de água
Foi anunciado hoje o lançamento da nova garrafa ecológica e o seu serviço de reabastecimento self service.
Comentários