Agente da PSP entre cinco detidos em operação contra tráfego de droga na Madeira

A operação deteve três homens naturais e residentes na Madeira “por posse e tráfico de estupefacientes”, e outros dois homens por “posse de arma proibida, os quais, por decisão do Ministério Público, foram constituídos arguidos e sujeitos a termo de identidade e residência”.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) deteve cinco homens na Madeira, na sequência de uma operação de combate de tráfico de droga, onde se inclui um efetivo do Comando Regional, que foi constituído arguido por posse de arma proibida.

“O Comando Regional da PSP Madeira comunica que, no âmbito de uma investigação criminal relativa a tráfico de estupefacientes, realizou a 23 de setembro uma operação policial, envolvendo polícias de diversas subunidades e valências, para dar cumprimento a diversos mandados de busca (domiciliários, não domiciliários e a viaturas) emitidos pela autoridade judiciária”, explica a PSP.

Foram detidos três homens naturais e residentes na Madeira “por posse e tráfico de estupefacientes”, os quais foram presentes ao juiz de instrução criminal para eventual aplicação de medidas de coação, na passada terça-feira.

A polícia acrescenta que foram detidos outros dois homens por “posse de arma proibida, os quais, por decisão do Ministério Público, foram constituídos arguidos e sujeitos a termo de identidade e residência”.

“Um destes detidos faz parte do efetivo do Comando Regional da PSP, tendo relativamente ao mesmo sido de imediato adotadas as medidas administrativas e disciplinares hierarquicamente aplicáveis e adequadas às circunstâncias”, é referido na nota.

Nesta operação foram apreendidas 33.914 doses individuais de haxixe e 590 de cocaína, além de 2,61 gramas de liamba.

Fazem ainda parte da lista das apreensões 4,06 gramas de uma outra substância psicoativa, 20 caixas de substâncias anabolizantes, cerca de 34.000 euros em dinheiro, quatro viaturas ligeiras de alta cilindrada, duas motorizadas, um quadriciclo, 10 armas proibidas, “entre outros objetos relacionados e utilizados para a prática deste tipo de crimes”.

O Comando Regional da Madeira reitera “o seu empenho no combate a todas as formas de criminalidade e na responsabilização dos seus autores, independentemente da sua condição”.

Ler mais
Recomendadas

Madeira: CDS-PP diz que medidas de apoio às empresas do PS “são logro para alimentar redes sociais”

O CDS-PP diz que ao auxílio às empresas do PS, que totaliza 65 milhões de euros, é uma redundância. O deputado António Lopes da Fonseca alertou que esta linha seria suportada em exclusivo pelo Orçamento da Madeira. “Quando o PS está na oposição é venha a nós que o dinheiro é de todos e quando estão no Governo é calma aí que o dinheiro não chega para tudo”, reforçou o centrista.

PSD afirma que proposta do PS para auxílio às empresas “não melhora nem complementa” medidas do Governo da Madeira

O PSD concordou com o PS sobre a necessidade de diálogo, perante a situação de pandemia, mas diz que se o PS quer estender pontes “não pode no momento a seguir” dizer sobre aquele com quem quer estabelecer pontes, referindo-se a Miguel Albuquerque, presidente do Governo da Madeira, que é “populista, arrogante, manipula a verdade, está desorientado, tem falta de rumo, e faz a gestão da coisa pública através do medo”.

JPP quer combater burocracia e diz ser de “bom senso” criar linhas de apoio a fundo perdido para empresas e emprego

O deputado do JPP, Élvio Sousa, alertou para a dependência da economia regional face ao exterior, e reforçou que sem apoios estatais ou regionais “é muito difícil” alavancar o tecido empresarial e manter simultaneamente postos de trabalho.
Comentários