Aí está o novo iPhone. Acompanhe aqui a apresentação da Apple

Evento do lançamento do iPhone é sempre um momento chave no calendário dos fãs de tecnologia. Tim Cook vai desvendar o novo elemento da família dos iPhones.

Relacionadas

Apple: irão os novos iPhones recuperar as quebras dos últimos meses?

O iPhone original foi lançado em 2007, mas esta é a primeira vez em sete anos que o iPhone representa menos de metade do negócio da Apple. No último trimestre fiscal, que encerrou em junho, as vendas do produto atingiram 48,3% do total.

Vem aí o novo iPhone. Quanto vai desvalorizar aquele que tem no bolso?

A Decluttr reforçou que os iPhones vão desvalorizar 1% por mês, sendo que logo no mês seguinte à compra podem desvalorizar até 40%. Desde que foi lançado, a 12 de setembro de 2018, já desvalorizou cerca de 43%, enquanto o iPhone XS, lançado na mesma data, desvalorizou 49%.

Os ‘gadgets’ mais antecipados do outono

Do Samsung Galaxy Fold ao OnePlus 7T conheça alguns dos equipamentos mais ansiados pelo mercado.
Recomendadas

“Problemas no setor de aviação convertem-se em oportunidades”, considera CEO da EuroAtlantic

Quais os grandes desafios que o setor da aviação vai ter que ultrapassar? Eugénio Fernandes, CEO da EuroAtlantic, esclarece que a empresa funciona em contraciclo com o mercado e que os problemas no setor convertem-se em oportunidades. Quanto aos problemas, este responsável aponta a falta de pessoal como questão a ultrapassar.

“Este governo tem um problema que é a imprevisibilidade”

João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, à Antena1/Jornal de Negócios, diz que “este governo tem um problema que é a imprevisibilidade”, uma vez que não há acordo com os partidos à esquerda e por isso não se sabe que posição vão tomar.

Jogo Económico estreia este sábado n’ “A Bola TV”

Este programa, que visa abordar as vertentes económicas e financeiras do futebol e de outras modalidades conta no painel residente com a presença do economista e comentador de A Bola TV, Diogo Luís, do jornalista João Marcelino e do advogado e consultor Luís Miguel Henrique.
Comentários