Aigle Azur abre insolvência e cancela voos em Portugal, Brasil e Mali

“A Aigle Azur entrou em período de busca ativa de compradores, enquadrada pela justiça comercial, que exige a suspensão gradual dos seus voos programados”, justificou a empresa francesa.

A companhia aérea francesa Aigle Azur declarou insolvência no início desta semana e apesar de inicialmente afirmar que iria manter os voos, tal não se verificou. A companhia francesa assumiu o cancelamento de todas as ligações aéreas para Portugal, Brasil e Mali, já a partir da próxima terça-feira, 10 de setembro, avança o ‘Jornal de Notícias’.

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo afirmou que não existe nenhuma proteção para os passageiros afetados pelo cancelamento dos voos, sendo que deverão pedir o reembolso das viagens e respetivas compensações. “A Aigle Azur entrou em período de busca ativa de compradores, enquadrada pela justiça comercial, que exige a suspensão gradual dos seus voos programados”, justificou a empresa.

O cancelamento dos voos para três destinos implica menos 50 mil lugares no aeroporto do Porto, sendo que estavam previstos 240 voos desta companhia aérea.

A companhia francesa declarou-se insolvente após uma disputa entre acionistas e recorreu à proteção de credores. Com os problemas financeiros a arrastarem-se há alguns meses, a Aigle Azur chegou a devolveu alguns aviões. Os conflitos da empresa francesa entre os acionistas envolveram David Neeleman, que detém 32% da empresa e é ainda acionistas da TAP.

Relacionadas

Voo cancelado ou atrasado e malas extraviadas? Conheça os seus direitos

Com as mini-férias da Páscoa à porta, são vários os portugueses que vão aproveitar para viajar. Se é o seu caso, conheça os seus direitos e saiba como agir para evitar chatices no aeroporto.

Cerca de sete milhões de passageiros tiveram voos cancelados ou atrasados em Portugal no ano passado

De acordo com a AirHelp, cerca de 64.000 voos com partida em Portugal, correspondentes a 34% das ligações, “chegaram ao destino com mais de 15 minutos de atraso ou foram cancelados”.
Recomendadas

Autoeuropa investe 103 milhões na modernização da fábrica de Palmela em 2020

“Investir na fábrica é investir nas nossas pessoas, na nossa região e no nosso país. Com a nova linha de corte nas prensas e a automatização do armazém de logística interna aceleramos o futuro”, refere a empresa do grupo Volkswagen.

Observatório de turismo do Algarve vai integrar rede mundial da OMT

O reconhecimento do observatório regional pela OMT acontecerá dia 23, na próxima quinta-feira, durante a FITUR, a feira de turismo de Madrid à qual o Algarve regressa este ano e onde se promoverá de 22 a 26 de janeiro.

Banco de Portugal adopta ‘energia verde’ nos seus edifícios

“A transição para a nova forma de consumo de energia deverá estar concluída ainda durante o primeiro trimestre deste ano. Com esta medida, o Banco tem como objetivo reduzir a sua pegada de carbono”, explica a instituição
Comentários