Albuquerque promete reforço e revisão da carreira para Guardas Florestais

Nas comemorações dos 106 anos do Corpo de Polícias Florestais da Madeira, Miguel Albuquerque faz questão de agradecer em nome da Região Autónoma da Madeira e da sua população o trabalho do passado, do presente e do futuro. Agradece a salvaguarda ambiental e do património natural da RAM.

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, prometeu hoje abrir ainda este ano 10 vagas para a carreira de Especial de Guarda Florestal e mais 10 para os Sapadores Florestais. As promessas do governante não ficam por aqui: em 2020 vai ser aprovado o estatuto e a revisão da carreira de Especial de Guarda Florestal.

O Corpo de Polícias Florestais da Madeira faz 106 anos e o Presidente do Governo madeirense lembra que esta polícia mantém-se na Região, depois de ser extinta, em 2005, no Continente.

Nas comemorações do aniversário, Miguel Albuquerque faz questão de agradecer em nome da Região Autónoma da Madeira e da sua população o trabalho do passado, do presente e do futuro. Agradece a salvaguarda ambiental e do património natural da RAM.

“O legado desta polícia é por isso um legado de honra, de trabalho, de determinação na preservação, prevenção e salvaguarda daquele que é um património natural essencial, em termos nacionais, regionais e europeus e que temos o imperativo ético de legar às novas gerações”, sublinha o Presidente da Madeira.

Diz ainda que apesar de ser um trabalho muitas vezes pouco conhecido, solitário e em condições adversas “é digno de ser louvado e é digno de ser conhecido”, pois “não é guarda florestal quem quer, mas quem nasceu com amor à natureza e à profissão”.

A polícia florestal “sofreu em boa hora, por parte do Governo, aquilo que eram mudanças importantes e imprescindíveis”, afirma Albuquerque, seja na renovação dos 11 postos florestais, “com todos os postos de operacionalidade, de funcionamento e de conforto”, seja na renovação das torres de vigilância, “que é algo importantíssimo para o combate e para a prevenção dos incêndios e das ignições”, e na atribuição de novos equipamentos.

Quanto às carreiras, o Presidente do Governo Regional sublinha a aprovação, no ano passado, do regulamento do horário de trabalho com o suplemento remuneratório.

Para terminar a intervenção, Miguel Albuquerque deixa também um agradecimento aos homens deste corpo florestal que já se reformaram e às famílias dos polícias florestais.

Ler mais
Recomendadas

José Manuel Rodrigues eleito presidente da Assembleia da Madeira

A Assembleia Legislativa da Madeira elegeu a composição da mesa do parlamento regional.

Rendas da casa registam subidas pelo quinto mês na Madeira

A manutenção e reparação de habitação é outro serviço que tem sofrido uma subida de preços, de acordo com o Índice de Preços no Consumidor.

Deco promove formação sobre literacia financeira na Madeira

A iniciativa é dirigida aos técnicos de acção social e tem como tema “O Essencial da Economia pessoal das famílias”.
Comentários