Alemanha. Ministro das finanças do estado de Hasse encontrado morto em linha do comboio

Thomas Schäfer tinha 54 anos e tinha aparecido recentemente em diversos eventos públicos para alertar para o risco do contágio da Covid-19. Era membro da CDU, o partido de centro-direita da chanceler Angela Merkel.

O ministro das Finanças do estado de Hesse, na Alemanha, Thomas Schäfer, ter-se-á suicidado e foi encontrado morto este domingo na linha de comboio de alta-velocidade na cidade de Hochheim que fica entre Frankfurt and Mainz.

Thomas Schäfer tinha 54 anos e tinha aparecido recentemente em diversos eventos públicos para alertar para o risco do contágio da Covid-19. Era membro da CDU, o partido de centro-direita da chanceler Angela Merkel.

Com vida política ativa há duas décadas, era ministro das Finanças do estado de Hesse há cerca de dez anos, onde fica a cidade de Frankfurt, a capital financeira da Alemanha.

Era esperado que Thomas Schäfer sucedesse a Volker Bouffier e tornar-se primeiro-ministro do estado de Hesse caso este último não se recandidatasse às eleições em 2023.

Recomendadas

PremiumTrump volta à melhor forma com crise racial a somar-se à de saúde

No limite, os confrontos por causa da morte de George Floyd vão fazer com que o presidente consiga provar aos norte-americanos que, como a resposta à pandemia, tudo não é mais que um ‘complot’ dos democratas

Alemanha com mais 407 casos e 33 mortes nas últimas 24 horas

As regiões do país com mais incidência cumulativa de casos são Bavária, Bade-Vurtemberga, Hamburgo e Sarre.

UNICEF avisa que dez milhões de crianças moçambicanas arriscam “pobreza mais extrema”

A declaração faz parte de um conjunto de análises publicadas por aquela agência da ONU entre o Dia da Criança, a 01 de junho, e o Dia da Criança Africana, celebrado a 16 de junho.
Comentários