Amâncio Ortega, dono da Inditex, será o novo senhorio da Amazon

A operação, que será realizada através da Pontegadea Inmobiliaria, está avaliada entre 645 milhões e 654 milhões de euros.

Amâncio Ortega está prestes a tornar-se o senhorio da Amazon: a Pontegadea Inmobiliaria, braço de investimento do proprietário da Inditex, conclui a compra a um fundo norte-americano (o Troy Block) da sede da empresa em Seattle, nos Estados Unidos, por 645 e 654 milhões de euros, segundo avança a agência Efe.

O complexo é composto por dois edifícios gémeos de 13 andares e outro menor que os une. Quando o acordo de compra for fechado, será a maior operação de compra de Amâncio Ortega em território norte-americano e a segunda maior da sua história, depois da operação realizada em agosto, em Londres, quando adquiriu o prédio Adelphi, por 617 milhões de euros.

A vendedora do Troy Block, que ocupa uma área de 76 mil metros quadrados, é atualmente o fundo USAA Real Estate, ligado ao Exército dos Estados Unidos e que administra cerca de 135 mil milhões em ativos, segundo diz o jornal ‘Cinco Días’.

A Pontegadea, o conglomerado de empresas com o qual o fundador da Inditex administra os seus ativos, obteve no ano passado um lucro de 1.475 milhões de euros. Além de agregar o negócio imobiliário, a empresa também detém a participação de controlo que a Ortega detém na Inditex (50,01%).

Esse controle exercido sobre a Inditex é o que explica os números movimentados pelo grupo Pontegadea, ao qual são atribuídos ativos no valor de 29.028 milhões de euros e vendas de 25.721 milhões, incluindo as das diferentes cadeias do grupo têxtil, além dos retornos gerados pelo vasto portfólio de propriedades da Ortega.

A receita da divisão de imobiliário da Pontegadea subiu no ano passado para 385 milhões de euros. Deste total, mais da metade (51%) vem do mercado europeu, outros 46% do continente americano e os restantes 3% da Ásia.

O seu portfólio continuou a crescer com aquisições feitas nos últimos meses, como o prédio da Adelphi em Londres no verão passado. Na capital britânica, os ativos de Pontegadea incluem edifícios como a Devonshire House em Picadilly, várias lojas da Zara em Oxford Street ou edifícios de escritórios na cidade. Estima-se que, até agora, a Pontegadea tenha acumulado uma carteira de 2.300 milhões de euros em Londres.

Ler mais
Relacionadas

Amâncio Ortega recebe dividendos de 693 milhões de euros

O valor impressiona, mas é só metade do que o fundador do grupo Inditex receberá este ano por ser o maior acionista, com uma posição próxima dos 60%.
Recomendadas

Autoeuropa investe 103 milhões na modernização da fábrica de Palmela em 2020

“Investir na fábrica é investir nas nossas pessoas, na nossa região e no nosso país. Com a nova linha de corte nas prensas e a automatização do armazém de logística interna aceleramos o futuro”, refere a empresa do grupo Volkswagen.

Observatório de turismo do Algarve vai integrar rede mundial da OMT

O reconhecimento do observatório regional pela OMT acontecerá dia 23, na próxima quinta-feira, durante a FITUR, a feira de turismo de Madrid à qual o Algarve regressa este ano e onde se promoverá de 22 a 26 de janeiro.

Banco de Portugal adopta ‘energia verde’ nos seus edifícios

“A transição para a nova forma de consumo de energia deverá estar concluída ainda durante o primeiro trimestre deste ano. Com esta medida, o Banco tem como objetivo reduzir a sua pegada de carbono”, explica a instituição
Comentários