Anacom lança plataforma de mapeamento da cobertura das redes móveis em Portugal

Regulador vê na nova plataforma mais uma ferramenta para os consumidores das redes móveis e mais um mecanismo de apoio à coesão territorial.

Edifício-sede da Autoridade Nacional de Comunicações, em Lisboa

A Autoridade Nacional das Comunicações (Anacom) vai lançar uma solução de mapeamento da cobertura das redes móveis das empresas de telecomunicações Meo, NOS e Vodafone, fez saber o regulador das comunicações na sexta-feira. A plataforma será apresentada esta segunda-feira, 19 de outubro.

De acordo com fonte oficial da Anacom, trata-se de uma plataforma que disponibiliza o desenho da qualidade da cobertura das redes móveis em todo o território nacional. Isto é, através desta plataforma será possível saber que regiões estão cobertas pelas operadoras (se por todas, apenas uma ou nenhuma) e qual a qualidade do sinal de rede das mesmas.

Numa altura em que se aguarda por mais passos no desenvolvimento da quinta geração da rede mõvel (5G), a nova aplicação é vista pelo regulador como mais uma ferramenta para os consumidores das redes móveis e de apoio à coesão territorial.

A plataforma será lançada e apresentada oficialmente pelo regulador no dia 19 de outubro, numa sessão institucional que contará com a participação de membros do Governo.

A apresentação da aplicação de mapeamento da cobertura das redes móveis das telecoms será levada a cabo pelo presidente do conselho de administração da Anacom, João Cadete de Matos, e por Miguel Capela da direção de gestão do espetro da Anacom.

A secretária de Estado da Valorização do interior, Isabel Ferreira, o secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, João Torres, e o secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Hugo Santos Mendes, também vão marcar presença e intervir no lançamento da plataforma.

O lançamento desta plataforma acontece numa altura em que o setor das telecomunicações aguarda pelo arranque do leilão das frequências da quinta geração das redes móveis, marcado para este mês de outubro. Contudo, a Anacom ainda não avançou qualquer detalhe sobre o arranque do leilão, bem como o regulamento final para o procedimento. Apenas garante que vai ter início em outubro.

Ler mais
Recomendadas

Lucros da EDP Renováveis descem 7% até setembro

A queda dos lucros deve-se ao recuo da produção de eletricidade que, por sua vez, se deve à venda de ativos com uma potência superior a 1 gigawatt.

CIP e Nova SBE lançam esta quinta-feira programa que prepara mulheres para CEO

Carla Sequeira, secretária-geral da CIP, explicou ao Jornal Económico que a confederação abraçou este projeto com a ideia de acelerar o processo de diversidade e de mudança nas empresas.

TAP formaliza alterações na composição do conselho de administração

Tendo em conta a formalização dos cargos em comunicado, o conselho de administração da TAP atualmente está constituído por Miguel Jorge Reis Antunes Frasquilho, que permanece enquanto presidente do conselho de administração e entra formalmente José Manuel Silva Rodrigues, anterior presidente da Carris como vogal do conselho de administração.
Comentários