André de Aragão Azevedo: “Temos hoje um Portugal mais inovador e aberto ao conhecimento”

Na Web Talk promovida esta terça-feira pelo JE e Huawei sobre o papel da tecnologia na recuperação económica, o secretário de Estado para a Transição Digital afirmou que a digitalização acelerada que o país assistiu nos últimos meses resultou de uma estratégia concertada e um esforço de investimento de décadas, que está agora a dar frutos.

O secretário de Estado para a Transição Digital afirma que a digitalização acelerada que o país assistiu nos últimos meses resultou de uma estratégia concertada e um esforço de investimento de décadas que está agora a dar frutos. André Aragão Azevedo fala ainda nas metas do Governo para o empreendedorismo, requalificação dos recursos humanos e indústria 4.0.

A conversa, moderada por Filipe Alves, diretor do Jornal Económico, contou ainda com a presença de Pedro Mota Soares, secretário-geral da Apritel; Rogério Carapuça, presidente da APDC; Eduardo Maldonado, presidente da ANI; Helena Pereira, presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e Diogo Madeira, head of Public Affairs & Communications da Huawei Portugal.

A web talk, intitulada “A Step Into the Future”, aconteceu esta terça-feira e debateu qual a política, estratégia e visão para o país no que concerne ao digital (Estado, empresas e cidadãos), a infraestrutura tecnológica como autoestrada para o desenvolvimento económico, como as empresas se estão a ajustar e a digitalizar e o papel do sistema científico.

Recomendadas

“All-in numa altura de pandemia é uma forma de investir demasiado arriscada”

O economista e ex-futebolista Diogo Luís vê na contratação de Jorge Jesus uma mudança de paradigma mas considera que não existe um projeto desportivo bem definido. “Isto tem mais a ver com salvar a própria pele”, referiu o comentador no programa “Jogo Económico” da JE TV.

“PIB português? Ninguém sabe muito bem onde está a economia”

Filipe Garcia, economista e presidente da IMF-Informação de Mercados Financeiros. foi o convidado da última edição do programa da JE TV “Mercados em Ação”. Sobre a queda do PIB português, o economista mencionou as várias previsões que têm sido feitas quanto à queda deste indicador.

“Eleições no Benfica? Vieira teria mais a ganhar com um treinador que não dividisse os adeptos”

Na última edição do programa “Jogo Económico”, o jornalista João Marcelino considera que existem muitas questões por explicar na contratação de Jorge Jesus por parte do SL Benfica, sobretudo depois do que se disse após a saída do técnico da Luz em 2015.
Comentários