António Costa: “Centeno tem todos os créditos para ser um excelente governador do BdP”

Esta posição foi transmitida pelo primeiro-ministro numa conferencia de imprensa conjunta com o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, em São Bento.

António Costa e Mário Centeno
António Costa e Mário Centeno reunidos na residência oficial do primeiro-ministro na noite de 13 de maio de 2020

O primeiro-ministro considerou esta terça-feira que o seu ex-ministro das Finanças Mário Centeno “tem todos os créditos” para ser um excelente governador do Banco de Portugal (BdP) e defendeu que os portugueses conhecem o seu percurso.

Esta posição foi transmitida por António Costa numa conferencia de imprensa conjunta com o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, em São Bento, depois de interrogado sobre a sua expectativa em relação à audição do seu ex-ministro das Finanças Mário Centeno no parlamento, que acontece esta quarta-feira.

Mário Centeno vai ouvido na Comissão de Orçamento e Finanças da Assembleia da República – audição obrigatória por lei antes de poder suceder a Carlos Costa no cargo de governador do Banco de Portugal, embora não tenha tem caráter vinculativo.

“Tenho a certeza de que a audição do professor Mário Centeno confirmará o que todos os portugueses foram sabendo sobre ele ao longo destes cinco anos enquanto ministro das Finanças”, declarou António Costa.

O primeiro-ministro afirmou depois Mário Centeno é “um grande economista e um grande profissional que foi um excelente ministro das Finanças”. “Portanto, tem todos os créditos para poder ser um excelente governador do Banco de Portugal”, acrescentou.

Recomendadas
Albino Almeida

Assembleias municipais reúnem em congresso com o foco na criação de comissões permanentes

Presidente da assembleia municipal de Vila Nova de Gaia e da Associação Nacional de Assembleias Municipais, Albino Almeida destaca que o segundo congresso da entidade, que decorre no sábado em Braga, irá debater “Os Novos Desafios do Poder Local”. Com a Covid-19 e as autárquicas de 2021 em pano de fundo, o dirigente realça a necessidade de preparar melhor os eleitos para os “parlamentos das autarquias”.

“Sabemos que as mudanças acontecem”. Marta Temido desvaloriza polémica com Jamila Madeira

“As remodelações fazem parte das dinâmicas dos Governos, quando se faz uma alteração procura-se afinal melhorar métodos de trabalho. Quando vim para esta pasta percebi o enorme respeito quem tem de se ter por quem ocupa estes cargos”, esclareceu a governante em conferência de imprensa.

EUA: Juiz federal bloqueia decisão de Trump contra correios

Depois do processo movido por 14 estados, um juiz federal de Washington decretou que as alterações à política dos correios norte-americanos colocam em risco o funcionamento adequado da instituição.
Comentários