António Nogueira Leite elogia a independência e seriedade de Medina Carreira

“Medina Carreira vai fazer muita falta” diz ao Jornal Económico António Nogueira Leite com quem partilhava a direção do Fórum para a Competitividade.

“Henrique Medina Carreira foi uma pessoa que teve um papel muito importante enquanto Ministro das Finanças na segunda metade dos anos 70”, salientou ao Jornal Económico António Nogueira Leite.

O economista que partilhava com Medina Carreira a direcção do Fórum para a Competitividade, recorda ainda que Medina Carreira, “para além de uma longa e variada carreira profissional, teve uma intervenção pública sempre pautada pela argúcia, pela independência e pela seriedade”, disse Nogueira Leite.

“No fim vai fazer muita falta” concluiu na conversa com o Jornal Económico.

Henrique Medina Carreira, morreu esta segunda-feira num hospital em Lisboa, onde estava internado há uma semana, na sequência de uma cirurgia, soube o Jornal Económico.

Tinha 85 anos e ultimamente era conhecido pela sua participação em debates televisivos.

 

 

 

Ler mais

Recomendadas

Angola e Zâmbia assinam memorando para a construção de pipeline multiprodutos

Segunda-feira, 19 de abril, será assinado em Luanda o memorando de entendimento sobre uma das mais importantes infraestruturas que vão ser construídas em Angola, a partir do porto de Lobito, na província de Benguela, para fazer chegar até à Zâmbia, um pipeline multiuso para transporte de produtos energéticos e combustíveis.

Fundos podem ser “empurrão” europeu para o futuro das cidades

Sempre com a sustentabilidade na mira, a Comissão Europeia pretende promover, como parte da recuperação pós-pandemia, alterações para melhorar a qualidade e condições de vida das populações urbanas.

Patrões defendem que Estado deve recorrer ao BEI para reestruturar dívida das empresas

Em entrevista à “Antena 1/Jornal de Negócios”, António Saraiva revelou que a CIP vai apresentar um pacote de medidas ao Governo nos próximos 15 dias para apoiar as empresas depois do fim das moratórias em setembro.
Comentários