ANTRAM conta 23 motoristas a fazer greve

Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias diz que adesão à greve é de apenas 0,4% mas sindicato contra-argumenta com 80%. Presidente do SIMM, Jorge Cordeiro considera que os valores são “desprovidos de fundamento”.

gasolina_combustiveis_greve_motoristas
Rafael Marchante/Reuters

A Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias  (ANTRAM) avança que, dos 5.660 mil motoristas de matérias perigosas, apenas 23 estão a fazer greve.

Os números avançados pelo porta-voz da Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias, André Matias de Almeida, ao Observador, esta segunda-feira, foram contestados pelos representantes dos dois sindicatos que iniciaram a greve.

À noticia, o presidente do Sindicato Independente de Motoristas de Mercadorias (SIMM), Jorge Cordeiro, considerou que estes são “desprovidos de fundamento” e que ainda não tem acesso aos dados oficiais.

Pelo seu lado, Pedro Pardal Henriques, porta-voz do Sindicato Nacional de Motoristas das Matérias Perigosas (SNMMP), afirma que estão em greve “cerca de 80% dos motoristas” associados ao seu sindicato, número suficiente para ultrapassar os cerca de 0,4% que estão em greve nos números avançados pela ANTRAM.

Relacionadas

Empresa de autocarros de Lisboa passa a fazer horários de sábado devido à greve

Num comunicado no sítio oficial da Internet, a Scotturb refere que ativou um “plano de contingência”, de modo a garantir reservas de combustível durante o maior período possível, até que a situação se normalize.

Fármácias reforçaram stocks antes da greve para evitar ruturas

As farmácias reforçaram os stocks de medicamentos (sobretudo dos mais procurados) nos primeiros sete dias de agosto.

“Deste lado não há greve”. Longas filas de espera para abastecer em Espanha

Neste âmbito, a confederação espanhola CETM aconselha os motoristas que operam em Portugal ou circulem nas estradas portuguesas a tomarem medidas e organizarem bem as suas rotas de viagem face aos possíveis engarrafamentos e paragens de trânsito.

Greve dos motoristas: Profissionais da GNR acusam António Costa de contrariar “princípios da democracia”

“Considera-se lamentável que o senhor primeiro-ministro tenha demonstrado que claramente desrespeita a dignidade profissional daqueles que servem a Guarda”, indicou a Associação em comunicado, voltando a manifestar-se contra a ideia de recorrer a profissionais da GNR para conduzir veículo pesados de transporte de matérias perigosas.
Recomendadas

Catarina Martins sinaliza que “só não há um OE se o Governo não quiser”

A líder bloquista exemplificou algumas das áreas nas quais quer ver avanços no documento de OE, como o SNS ou as “longas carreiras contributivas”, esclarecendo ainda que “não se prende por questões formais”, pretendendo apenas “redações exatas das leis”.

Pandemia com tendência crescente entre população acima dos 80 anos

Apesar de manter uma intensidade reduzida e incidência estável, o que resulta em baixa mortalidade e pressão nos serviços de saúde, a pandemia volta a dar sinais de crescimento em quase todas as regiões do país, com o R(t) a nível nacional a chegar a 1,00.

PCP: “Não tem havido grande evolução” nas negociações com o Governo sobre o OE2022

Segundo Jerónimo de Sousa, o partido transmitiu a Marcelo Rebelo de Sousa a importância de o orçamento do próximo ano ter incluídas medidas essenciais, nomeadamente de valorização dos salários, das reformas e das pensões, reforço da rede de creches e dos serviços públicos.
Comentários