Anturio fecha ano com 2,3 milhões de euros de volume de negócios

A empresa tem uma perspectiva de crescimento, em 2019, de 20%. A Anturio vai ainda apostar no mercado de Espanha com a abertura de um escritório em Madrid.

A Anturio, empresa com sede no Funchal e que actua no sector das tecnologias da informação, fechou 2018 com 2,3 milhões de euros de volume de negócios, um crescimento de 33%, superando a meta dos 20% estabelecida.

Para 2019 a expectativa é que a Anturio volte ao crescimento tendo uma meta fixada de 20%. Um dos objectivos da empresa passa ainda pela aposta em recursos humanos, e também no mercado espanhol, com a abertura de um escritório em Madrid.

“Tivemos um crescimento de 300 por cento na Madeira e um reforço da equipa no centro de Portugal Continental”, referiu Duarte Miguel Freitas, CEO da Anturio.

Entre os segredos para este crescimento “natural e sustentado”, em 2018, acrescentou o CEO, esteve uma “aposta clara” nas pessoas.

A abertura do escritório em Madrid, deve acontecer este mês. “Esperamos fazer crescer a nossa quota internacional com esta nova incursão. Este ano, a aposta irá centrar-se em Espanha, mas estamos sempre em conversações para novas oportunidades”, sublinha o CEO da empresa.

Duarte Freitas diz ainda que estão previstas 8 contratações que poderão ser ajustadas consoantes o crescimento das várias áreas da empresa.

Recomendadas

Coligação Funchal Sempre à Frente acusa de CNE de legitimar “vale tudo” ao arquivar queixa contra António Costa

Mandatário da coligação de centro-direita funchalense insurge-se contra a CNE por “dualidade de critérios e juízos” na avaliação do que alega ter sido uma violação dos deveres de neutralidade e imparcialidade do primeiro-ministro em benefício da Coligação Confiança, apoiada pelo PS.

Mafalda Gonçalves defende contratação de mais bombeiros para Santa Cruz

A corporação é composta por 57 elementos, sendo que há mais de 20 anos que não há renovação de quadros, razão pela qual, Mafalda Gonçalves diz ser “urgente a abertura de concurso para a entrada de cerca de 30 novos elementos”.

Tenha atenção aos falsos intermediários de crédito no Facebook, alerta Deco

Se quiser consultar a lista das entidades autorizadas a conceder crédito em Portugal, a atuar como intermediários de crédito ou a prestar serviços de consultoria relativamente a contratos de crédito poderá fazê-lo no sítio do Banco de Portugal, em www.bportugal.pt ou no Portal do Cliente Bancário https://clientebancario.bportugal.pt.
Comentários