“Apoios de nove milhões foram cruciais para minimizar prejuízos”, revela presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto

“Esses apoios foram cruciais para, de alguma forma, minimizar aquilo que poderiam ser os prejuízos dos agricultores na venda das suas uvas”, revela Gilberto Igrejas. “Foram nove milhões de euros, na Região Demarcada do Douro, muito importantes para que o tecido produtivo não tivesse quebras superiores”, assegura o presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP), na edição do podcast “Conversas com Norte” que irá para o ar na próxima segunda-feira.

Na próxima edição do podcast “Conversas com Norte”, que estará disponível a partir de segunda-feira, Gilberto Igrejas, presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP), destaca os apoios que a Região Demarcada do Douro (RDD) recebeu, da parte do Ministério da Agricultura, para mitigar o impacto causado pela pandemia.

“Esses apoios foram cruciais para, de alguma forma, minimizar aquilo que poderiam ser os prejuízos dos agricultores na venda das suas uvas”, revela Gilberto Igrejas. “Foram nove milhões de euros, na Região Demarcada do Douro, muito importantes para que o tecido produtivo não tivesse quebras superiores”, assegura o presidente do IVDP no podcast do JE.

A Região Demarcada do Douro comemora 265 anos. Assinala o aniversário com um programa, recheado e vasto, que arrancou no mês passado e só encerra em novembro.

Recomendadas

“Conversas com Norte”. “Passar para combustíveis isentos de carbono é questão de sobrevivência”, alerta diretor do CTCV

Para António Baio Dias, diretor-geral do Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro, a descarbonização é encarada como uma questão essencial para as empresas do setor. Foi um dos temas abordados em mais um “Conversas com Norte”, o podcast do Jornal Económico. Ouça a entrevista no site do JE e na ‘playlist’ do JE no Spotify.

“Conversas com Norte”. “Pensamos a sustentabilidade a 360 graus”, garante CEO da Shaeco

A revelação é feita, ao podcast “Conversas com Norte”, por Vera Maia, fundadora e CEO da Shaeco, a marca de produtos ecológicos de cosmética que foi a grande vencedora da edição deste ano do Portugal E-commerce awards, competição que distingue anualmente os melhores projetos nacionais na área do comércio eletrónico. Ouça a entrevista no site do JE e na ‘playlist’ do JE no Spotify.

“Conversas com Norte”. “A indústria têxtil é das mais poluentes em Portugal”, alerta fundadora da MyCloma

A MyCloma é uma plataforma online, de venda de roupa em segunda mão, e nasceu também com o propósito de combater esse problema. Uma garantia dada pela fundadora desta startup, localizada no Porto, Inês Juvandes e confirmada pelo diretor Rui Pita. São ambos convidados do podcast “Conversas com Norte”. Ouça a entrevista no site do JE e na ‘playlist’ do JE no Spotify.
Comentários