Especial Vinhos 2018: Estas são as nossas propostas para provar o país de norte a sul

Uma lista é sempre incompleta e, portanto, portadora de defeitos. Esta será passível de reparos, que serão bem-vindos para melhorarmos a próxima edição do ‘Jornal Económico Especial Vinhos’.

Sem nos colocarmos em bicos de pés, quisemos proporcionar aos nossos leitores diversas propostas, simples sugestões, para descobrirem um pouco do que se faz no dinâmico setor da vitivinicultura nacional, para desfrutar em companhia de familiares e amigos, como convém, seja ao longo desta quadra festiva que se aproxima seja ao longo de todo o próximo ano de 2019.

Seguindo as categorias de vinhos em que nas duas páginas anteriores a jornalista especializada em vinhos, Maria João de Almeida, apresentou as suas recomendações, diversos elementos da equipa redatorial do Jornal Económico responderam a esta chamada e apresentaram as suas opções para deixar mais felizes os nossos leitores. E, claro, também os respetivos produtores de vinhos, que assim poderão angariar mais clientes. Entre a lista de recomendações da Maria João de Almeida e as nossas sugestões surgiram duplicações. Como em relação às próprias opções da equipa do Jornal Económico. Tendo em conta a grande qualidade e diversidade de vinhos com que os portugueses se podem regalar, optámos por eliminar essas redundâncias e apresentar outras sugestões que nos aparentam ser igualmente válidas.

Seguem-se, portanto, 40 sugestões de vinhos, cinco em cada categoria – melhor vinho licoroso, melhor varietal tinto, melhor varietal branco, melhor vinho tinto, melhor vinho branco, melhor vinho espumante, e melhor vinho qualidade/preço. Como nem estamos perante um concurso, nem tivemos a veleidade de nos constituirmos como um júri formal, optámos por não fazer a pomposa seleção do melhor vinho de todos, aproveitando o espaço assim deixado vago para indicar outras alternativas de vinhos, talvez um pouco mais ‘fora da caixa’ em relação ao convencional.

Claro que uma lista, seja ela qual for, em relação ao mais pacífico tema, será sempre incompleta e, portanto, um evidente conteúdo com defeitos. Temos, por isso, noção de que esta nossa proposta será passível de reclamações e reparos, que serão, aliás benvindos. Fica aqui o compromisso de que serão um contributo para melhorar a próxima edição do ‘Jornal Económico Especial Vinhos 2018’.

Melhor vinho licoroso

DR Porto 30 anos
Fonseca Vintage 2016
Bacalhôa Moscatel de Setúbal Superior 10 anos 2003
Graham’s 20 Years Tawny
Villa Oeiras Colheita 2004

Melhor varietal tinto

Quinta do Crasto Touriga Nacional Tinto 2015
Chão da Quinta Signature 2015
Marquês de Marialva Baga Reserva Tinto 2014
Quinta de Lemos Jaen 2013
Exlibris Baco Reserva Tinto 2015

Melhor varietal branco

Aveleda Reserva da Família Alvarinho 2016
Soito Encruzado Reserva 2016
Alvarinho Deu la Deu Premium 2015
Marquês de Marialva Arinto Grande Reserva 2015
Castelo de Azurara Encruzado 2011

Melhor vinho tinto

Santos da Casa Grande Reserva Douro DOC 2013
BLOG 2013 Tinto
DSF Coleção Privada Syrah Tannat 2016
Dona Maria Grande Reserva
Rovisco Pais Premium 2016

Melhor vinho branco

Adega de Vila Real Reserva Branco 2017
Herdade de São Miguel Colheita Selecionada Branco 2017
Esporão Private Selection Branco 2017
Paulo Laureano Vinhas Velhas 2016
Quinta de Golães Colheita Selecionada 2016

Melhor vinho espumante

Flutt 2015
A. Henriques Super Reserva
Messias Bruto Grande Cuvée Milesime Bruto 2013
Quinta do Rol Grande Reserva Pinot Noir 2009
Quinta dos Abibes 2013

Melhor vinho qualidade/preço

Rovisco Pais Premium 2016 Tinto
Confidencial Reserva Tinto 2014
Adega de Vila Real Reserva Branco 2017
Quinta de Cabriz Colheita Selecionada Tinto 2014
Evel DOC Branco

Outras sugestões de vinho

Quinta do Pôpa Black Edition DOC 2016
Quinta do Tamariz Superior 2017
Quinta Nova Rosé Reserva 2017
Herdade de São Miguel Pé de Mãe
Quinta do Gradil Viosinho 2017

Ler mais

Recomendadas

Vendas de vinho produzido na região de Lisboa disparam 15%

A Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa indica vendas recorde do consumo de vinho, tendo registado um total de 18 milhões de garrafas vendidas entre junho e agosto.

Governo cria reserva qualitativa para o vinho do Porto no valor de 5 milhões de euros

A libertação da reserva qualitativa será efetuada em dez anos. Fica bloqueada até à vindima de 2023, sem possibilidade de entrada no mercado, e, depois, até à vindima de 2030, entra no mercado de forma faseada, dando entrada o mínimo de 12,5% ao ano.

União Europeia produziu mais de três mil milhões de litros de gelado em 2019

A Alemanha é o principal produtor desta sobremesa. No ano passado, os 27 Estados-membros exportaram 222 mil toneladas de gelados para países fora do bloco europeu, no valor total de 723 milhões de euros, segundo o Eurostat.
Comentários