ASAE apreende 450 quilos de alimentos em supermercados

Os 450 quilogramas de alimentos apreendidos representam 150 unidades de produtos, num valor aproximado de 3,4 mil euros, adianta a ASAE no balanço hoje divulgado.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu 450 quilos de produtos alimentares em supermercados e mercados de zonas turísticas, numa operação de fiscalização a cerca de 300 estabelecimentos comerciais.

Os 450 quilogramas de alimentos apreendidos representam 150 unidades de produtos, num valor aproximado de 3,4 mil euros, adianta a ASAE no balanço hoje divulgado.

A operação de fiscalização em causa esteve em curso durante as últimas semanas, direcionada a supermercados e mercados em zonas de veraneio.

Em comunicado, a ASAE acrescenta que foi instaurado um processo crime por “especulação de preço na comercialização de géneros alimentícios” e 50 processos de contraordenação, por diversas infrações.

Entre os motivos para os processos de contraordenação, a autoridade aponta a falta de comunicação prévia, o incumprimento dos requisitos de higiene e segurança alimentar, a falta de preços e infrações relacionadas com o Livro de Reclamações.

Foi ainda decretado a suspensão de atividade de um minimercado, por incumprimento dos requisitos gerais e específicos de higiene.

Ler mais
Recomendadas

McDonald’s apoia colaboradores através da oferta de bolsas de estudo

“Apesar do ano atípico que se está a viver, não podíamos deixar de continuar a apoiar e cuidar dos nossos colaboradores, bem como reconhecer o seu mérito”, explica a diretora de Recursos Humanos da McDonald’s Portugal

Mais cheetos, doritos e sumos na quarentena. PepsiCo aumenta receitas para 15 mil milhões de euros

Apesar da reabertura da economia e do regresso à escola, os consumidores mantêm-se mais resguardados e as crianças e jovens com aulas online, o que motivou o crescimento das vendas. As ações do grupo norte-americano estão a subir na bolsa de Nova Iorque.

Produtores de vinhos do Douro vão receber mais de quatro milhões de apoios

Segundo uma informação oficial do Ministério da Agricultura, “os produtores do Douro vão receber mais de 854 mil euros para armazenamento e 3,222 milhões de euros para destilação de vinhos”.
Comentários