Atividade económica da Madeira cai pelo nono mês

Em novembro a quebra na atividade económica foi de 3,6%. A economia regional está em queda desde março. Em junho foi atingido um pico, com a atividade económica a cair 10,1%.

A atividade económica da Madeira continua a cair pelo nono mês. Em novembro a quebra foi de 3,6%, mas os sinais indicam que a economia da região está no caminho da recuperação. Desde junho que as descidas, quanto se atingiu o pico, as quebras vão sendo cada vez mais suaves.

O pico de descida na atividade económica foi atingido em junho, quando a economia regional quebrou 10,1%, a maior quebra registada no Indicador Regional de Atividade Económica (IRAE), desde a criação deste indicador em março de 2006.

Atingido o pico, foram sendo registadas mais quebras na atividade económica, embora estas tenham sido em menor dimensão, dando sinais de que a economia regional caminha em direção à recuperação e também a desempenhos em terrenos positivos.

Em julho, agosto, setembro e outubro as quebras na atividade económica, na Madeira, ficaram pelos 7,1%, 5,2%, 4%, e 3,8%.

Desde março que a atividade económica da Madeira tem estado em quebra. Antes disso é preciso recuar a maio de 2013 para encontrar a economia regional a operar em terreno negativo.

Recomendadas

Madeira quer estar incluída no Banco de Fomento até final do mês

O vice-presidente do executivo madeirense considerou que “se há uma ajuda comunitária à constituição de um banco de fomento para servir a nível nacional, não faz qualquer sentido as regiões não estarem lá representadas”.

Madeira: CDS-PP espera que nova Lei das Finanças Regionais esteja em vigor no primeiro semestre de 2022

o PSD e o CDS-PP já apresentaram as suas propostas para uma nova Lei das Finanças Regionais. Entre elas a integração de um Fundo de Coesão Social, que compense os custos acrescidos das regiões autónomas na Educação e Saúde, e alterações na fiscalidade, que prevê que as taxas de IRS e IRC variem consoante as necessidades.

Saiba o que pode fazer para poupar água

Equipe as torneiras da sua casa com redutores e reduza o seu caudal em cerca de 50%.
Comentários