Ativistas angolanos escrevem a Isabel dos Santos: “Belinha, sai só”; “Irmã, como te sentes por teres sido despedida?”

Luaty Beirão e jornalista Rafael Marques reagiram à exoneração da filha do ex-presidente angolano.

Ao 50º dia como presidente de Angola, João Lourenço retirou da liderança da Sonangol e a gestão do canal público de televisão os filhos do ex-chefe de Estado, José Eduardo dos Santos. As medidas do novo governante não foram indiferentes aos ativistas locais, que opinaram sobre esta brecha no império dos Santos. O jornalista de investigação e ativista político Rafael Marques voltou a publicar na rede social Twitter uma carta aberta dirigida a Isabel dos Santos e que tinha sido tornada pública a 11 de novembro, no website Maka Angola. Rafael Marques é pragmático no título, mesmo antes de saber da exoneração:” Belinha, sai só”.

“Escrevo-te para refletir contigo sobre o momento de mudança em curso em Angola e o involuntário e ingrato papel que te cabe: o de bode expiatório da corrupção generalizada e da arrogância do poder”, denuncia o jornalista, respondendo às críticas que Isabel dos Santos lhe chegou a fazer, quando o apelidava de “Rafaelzinho”.

“Belinha,[Isabel dos Santos] a novidade agora é o João Lourenço. É o que está a bater. Dentro do MPLA quer-se a consagração absoluta de João Lourenço. Os agitadores querem a transferência dos poderes absolutos que o teu pai tinha e que lhe permitiam fazer de nós, pobres angolanos, meros instrumentos do seu poder. Todos esses poderes são agora desejados nas mãos de João Lourenço.

Passei muitos anos, armado apenas com o meu computador, com papéis e com canetas, a denunciar os excessos e os abusos monárquicos do teu pai. Não quero passar mais anos a fio a combater os poderes absolutos, sem freios nem contrapesos, que os do MPLA e o povo incauto querem colocar nas mãos de João Lourenço. Quero realizar o sonho de ir fazer a minha lavra em Malanje e reformar-me por lá, em paz e ligado à Internet. Mas antes quero também realizar o meu sonho de ver este povo livre, solidário no exercício da cidadania, exigente na afirmação da democracia, da transparência e da boa governação. Quero ver este povo a ser bem educado e encaminhado para o desenvolvimento humano. É uma questão de consciência. Por isso, peço a tua atenção” – Rafael Marques

O ativista luso-angolano Luaty Beirão também escolheu o Twitter para opinar sobre as mudanças que o presidente fez. Dirigindo-se diretamente a Isabel dos Santos, visivelmente surpreendido, escreveu: “Porra, sai uma marcha de apoio? Tou malaike [maluco]. O kota rebentou o ninho de marimbondos. [Isabel dos Santos], como te sentes nesta exoneração inaugural?”. “Olá, irmã com uma grande inteligência, como é que te sentes por teres sido despedida? É melhor que te comeces a habituar”, voltou a tweetar, desta vez em Inglês.

https://twitter.com/LuatyBeirao/status/930788179673862145

João Lourenço exonerou ontem a filha do ex-presidente angolano Isabel dos Santos do cargo de presidente do conselho de administração da Sonangol, nomeando para o seu lugar Carlos Saturnino, de acordo com a informação avançada à Lusa. A Casa Civil do Presidente da República anunciou ainda a exoneração de Carlos Saturnino do cargo de secretário de Estado dos Petróleos, para ocupar a liderança da petrolífera estatal.

 

Ler mais
Relacionadas

Chefe de Estado “testou limites do seu poder” ao exonerar Isabel dos Santos

O académico e investigador angolano Jonuel Gonçalves considera que a exoneração de Isabel dos Santos da administração da Sonangol é um “teste aos limites do poder” do novo Presidente de Angola, João Lourenço.

Isabel dos Santos: Como a empresária se tornou a mulher mais rica de África em 19 anos

Dona de um império internacional que se estende da banca às telecomunicações, passando pelo cimento e pelo petróleo, Isabel dos Santos é considerada a mulher mais rica de África, com uma fortuna estimada em 3,4 mil milhões de dólares.

Sonangol perdeu um ano e meio de gestão com Isabel dos Santos, diz especialista

O especialista em petróleos do Centro de Estudos e Investigação Científica (CEIC) de Angola José Oliveira admitiu hoje que a exoneração de Isabel dos Santos na Sonangol era esperada e que a petrolífera “perdeu” um ano e meio de gestão.
Recomendadas

Primeiro-ministro eslovaco internado com infeção respiratória

Peter Pellegrini foi hospitalizado este domingo à noite com uma infeção respiratória, acompanhada de febre, tendo sido obrigado a cancelar a sua agenda numa semana de eleições parlamentares no país.

“As pessoas têm medo, até de um simples aperto de mão”. Portuguesa em Itália conta como se lida com o coronavírus

“Na zona de Milão, os supermercados estão completamente vazios e não se encontra máscaras de proteção facial em lado nenhum”, relata ao JE uma jornalista portuguesa que reside na zona da Toscana, perto de Bolonha, região onde, para já, tudo está tranquilo no que diz respeito a casos de coronavírus.

Covid-19: Irão “nega categoricamente” notícias sobre 50 mortes

“Nego categoricamente essa informação” disse à imprensa o vice-ministro da Saúde, Iraj Harirtchi, sobre a informação avançada pelo deputado Ahmad Amirabadi Farahani, que acusou o governo de Teerão de “mentir ao povo”.
Comentários