“Atlético de Madrid? Se fosse o João Félix este não seria o projeto desportivo que escolheria”

No programa ‘Jogo Económico’, Pedro Mil-Homens, o diretor da Caixa Futebol Campus, academia do SL Benfica, garantiu que, no lugar de João Félix, nunca escolheria o Atlético de Madrid como projeto desportivo.

Relacionadas

‘Jogo Económico’ em ‘replay’: Como o SL Benfica ganhou mais de 350 milhões de euros com o talento do Seixal

Pedro Mil-Homens, diretor-geral da academia dos ‘encarnados’ recebeu a equipa do Jogo Económico na Caixa Futebol Campus, no Seixal, para falar de talento, das próximas estrelas do clube e daquele que é, até ao momento, o expoente máximo da aposta na formação: João Félix.

Dos 126 aos 350 milhões de euros. Félix ainda agora chegou a Madrid e já bate recordes

João Félix ainda agora chegou ao Wanda Metropolitano e já bate o recorde do jogador com a maior cláusula de rescisão da história do clube: 350 milhões de euros.

“Ordenado do João Félix está a subsidiar a operação”

Na última edição do programa ‘Jogo Económico’, João Marcelino comentou a iminente transferência de João Félix para o Atlético de Madrid e estranha valores associados ao provável ordenado do avançado português. Veja o vídeo.
Recomendadas

Governo vai fazer auditorias de segurança aos estádios da I Liga

O ministro da Administração Interna disse hoje que nas próximas semanas vão avançar auditorias de segurança a todos os estádios da I Liga de futebol e que, no início da próxima época, só haverá jogos nos que tiverem condições.

Kobe Bryant deixa legado empresarial avaliado em 1,8 mil milhões de euros

A partir da Bryant Stibel, o malogrado ex-atleta dos LA Lakers realizou investimentos na Alibaba, Dell ou The Players Tribune (uma plataforma de conteúdos desportivos).

Cartão de adepto para claques e auditorias aos estádios. Governo e Liga aprovam medidas para combater a violência no futebol

O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, receberam esta segunda-feira o Presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Pedro Proença. Neste momento, mais de 60 adeptos estão proibídos de entrarem em recintos desportivos.
Comentários