Auchan investe 16 milhões em novo hipermercado em Paço de Arcos

“Esta é uma loja localizada numa zona empresarial e de universidades e, por isso, além de contar com uma série de espaços modernos, pretende trazer uma resposta simples e rápida a quem a visita, assim como uma melhor experiência de compra”, destaca um comunicado da cadeia retalhista francesa.

A Auchan Retail Portugal inaugurou hoje, dia 3 de dezembro, em Paço de Arcos, um hipermercado que exigiu um investimento de cerca de 16 milhões de euros.

Esta é a primeira loja do grupo francês que nasce já como Auchan, desde a sua génese, após o lançamento da marca, oficializado a 12 de setembro.

“Esta é uma loja localizada numa zona empresarial e de universidades e, por isso, além de contar com uma série de espaços modernos, pretende trazer uma resposta simples e rápida a quem a visita, assim como uma melhor experiência de compra”, destaca um comunicado da cadeia retalhista francesa, acrescentando que “este será o 25º hipermercado da marca que vai contar com uma área de venda de seis mil metros quadrados com cerca de 260 colaboradores preparados para responder a todas as necessidades dos clientes”.

Este hipermercado tem diversas funcionalidades inovadoras, como uma zona de ‘Grab & Go’, onde o cliente pode encontrar refeições prontas a comer, tendo apenas de pegar e levar, sem ter que entrar na loja; a opção ‘Drive’, onde as compras que são feitas ‘online’, podem ser levantadas sem sair do parque de estacionamento da loja, e uma cafetaria dentro da loja com menus para as várias ocasiões de consumo.

Em breve, este hipermercado da Auchan irá disponibilizar também uma opção de ‘Drive Take Away’, “que permitirá aos clientes comprarem refeições equilibradas e saudáveis prontas a comer, sem terem que sair do parque de estacionamento”; “para isto, basta deslocarem-se com o automóvel até à zona ‘Drive’ e efetuarem a sua compra, numa área de fácil acesso”.

O referido comunicado acrescenta que “também o pagamento será facilitado através de várias soluções de pagamento ‘self scanning mobile’ e ‘self check out’, assim como os quiosques digitais, que se traduzem em formas de pagamento mais rápidas e automáticas”.

A mesma nota informativa da Auchan sublinha que, “para ajudar no combate ao plástico de utilização única e ao desperdício de embalagens, a nova loja vai contar com uma máquina com água filtrada, que vai permitir ao consumidor levar a sua própria garrafa para a encher, a um preço mais conveniente”.

“A grande novidade é que esta máquina vai filtrar água, com e sem gás. Também a pensar no ambiente, a nova loja terá a instalação de painéis solares, tornando-se assim mais eficiente do ponto de vista energético”, garantem os responsáveis da Auchan.

Para Trajano Nóbrega, diretor de loja, “a abertura da loja em Paço de Arcos dará continuidade ao nosso compromisso naquilo que é ‘Bom, São e Local'”, adiantando que “exemplo disso é o nosso fabrico próprio na padaria, pastelaria e nas refeições feitas na hora como as fatias de ‘pizza’, o ‘sushi’ e o leitão assado, alargando, assim, a oferta de refeições prontas a comer e o ‘take-away'”.

“Destacamos também as áreas dedicadas aos estilos de vida saudáveis e às novas tendências alimentares, que promovem o ‘São’, como a área do bio, do avulso e dos produtos frescos. Em linha com o que é ‘Local’, é ainda possível encontrar uma gama representativa de produtos locais”, adiantou aquele responsável.

A Auchan Retail Portugal é um grupo familiar e mundial, que conta com mais de 80 lojas físicas e emprega quase nove mil colaboradores.

 

Ler mais
Recomendadas

Caixa BI escolhe Mota, REN, Sonae e Sonae Capital como ‘top picks’ para 2020

O banco de investimento da CGD antevê um 2020 positivo para o PSI 20, com uma subida potencial de 13% alimentada pelas pares na Europa e nos EUA e o menor risco-país de Portugal. Sobre as favoritas: a Mota-Engil vai ganhar com expansão internacional, a REN é um porto seguro, a Sonae tem vários pontos de ganhos e a Sonae Capital está exposta a muitas oportunidades.

Vendas da Jerónimo Martins cresceram 7,5% em 2019, para 18,6 mil milhões

A Biedronka, cadeia retalhista gerida pelo grupo na Polónia, valeu 67,7% das vendas líquidas preliminares da Jerónimo Martins no ano passado, um total de 12.621 milhões de euros, mais 7,9% que no ano precedente.

Auchan faz parceria com a ‘app’ Too Good To Go contra o desperdício alimentar

A loja Auchan do Almada Fórum será a primeira do grupo a vender os seus excedentes alimentares nesta aplicação.
Comentários