“Aumento salarial? Menos de 2,7% é inaceitável”, avisa secretário-geral da UGT

Sobre o acordo de concertação social, Carlos Silva diz nesta entrevista à Antena 1 e Jornal de Negócios que a UGT não abdica, nem cede, na existência do patamar mínimo de 2,7% de aumento salarial. Sendo que, se a UGT não estiver disponível para fazer acordos, dificilmente haverá um acordo de concertação social.

Recomendadas

Serão os jogadores a pagar a crise no futebol português? Amanhã há ‘Jogo Económico

Numa crise sem precedentes, alguns dos clubes mais poderosos do mundo já anunciaram cortes significativos nos salários. Como será em Portugal? Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol, é o convidado do programa ‘Jogo Económico’ que vai para o ar esta sexta-feira.

“Oferecemos o nosso ventilador ao homem que tem mulher e filhos”. A declaração emocionante que marcou a entrevista a Ramalho Eanes

O antigo Presidente da República, de 85 anos, não tem dúvidas que os mais velhos estão dispostos a uma solidariedade intergeracional para apoiar os mais novos durante esta luta de toda a sociedade.

“Banca não pode querer ganhar dinheiro com a crise. Deve ter lucro zero em 2020 e 2021”, avisa Rui Rio

O presidente do PSD foi mais longe do debate parlamentar desta quinta-feira e referiu que eventuais lucros dos bancos nestes resultados serão “uma vergonha e uma ingratidão” para com os portugueses.
Comentários