PremiumAutoeuropa em risco de parar a produção já esta semana

A partir de ontem, dia 3 de dezembro, três armadores internacionais, a McAndrews, a Tarros, e a Arkas, deixaram de escalar o porto de Setúbal, desviando os contentores maioritariamente para os portos espanhóis de Vigo e de Santander e provocando uma quebra de 70% nas cargas contentorizadas do porto sadino.

Rui Minderico/Lusa

A Autoeuropa está em risco de parar a produção, de forma parcial ou mesmo total, durante a presente semana, apurou o Jornal Económico junto de diversas fontes ligadas ao processo.

Esta decisão terá de ser tomada em função do insucesso, ocorrido na passada sexta-feira, dia 30 de novembro, do processo negocial entre estivadores do SEAL – Sindicato de Estiva e Atividades Logísticas e operadores do porto de Setúbal, mediado pela ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

 

Artigo reservado a assinantes do Jornal Económico. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

 

 

 

Ler mais
Recomendadas

Bombeiros: 95% das corporações do distrito de Lisboa deixaram de informar CDOS

O presidente da federação, António Carvalho, disse à Agência Lusa que apenas três das 56 corporações de bombeiros voluntários estão a informar o CDOS de Lisboa.

Governo vai fazer estudo sobre nova linha férrea no Vale do Sousa

O secretário de Estado discursava para algumas centenas de pessoas que hoje assistiram em Rebordosa, Paredes, à apresentação de um estudo preliminar para a construção de uma linha de caminho de ferro que ligue Valongo a Felgueiras, passando pelos concelhos de Paredes, Paços de Ferreira e Lousada.

Salário mínimo nacional aumenta e impostos descem. As respostas de Macron às reivindicações dos ‘coletes amarelos’

Presidente francês falou ao país após os tumultos do passado fim-de-semana. Decretou estado de urgência económica e social e anunciou aumento de 100 euros no salário mínimo nacional.
Comentários