Autoeuropa está a produzir 100 viseiras por dia para doar a hospitais

Apesar da produção automóvel estar suspensa até 12 de abril, a Autoeuropa e os seus trabalhadores quiseram juntar-se à luta contra a epidemia do coronavírus em Portugal.

Luis Viegas

A Autoeuropa está a produzir viseiras para doar a hospitais em todo o país. Apesar da produção automóvel permanecer suspensa devido à epidemia do novo coronavírus (Covid-19), uma parte da fábrica está a produzir 100 viseiras por dia.

A ideia partiu de alguns trabalhadores da empresa, explica fonte oficial da Autoeuropa ao Jornal Económico, sublinhando que as viseiras são para doar aos hospitais.

Esta foi a forma da fábrica portuguesa da Volkswagen e dos seus trabalhadores de contribuírem para a luta contra esta epidemia que já provocou 140 mortes e mais de 6.400 casos confirmados em Portugal.

A produção começou na semana passada, com as “primeiras máscaras a serem doadas aos hospitais de Setúbal e do Barreiro, mas neste momento estão a ir para todo o país”, disse ao JE o coordenador da comissão de trabalhadores da Autoeuropa, Fausto Dionísio.

“Estamos agora a produzir 100 máscaras por dia e os pedidos têm surgido de norte a sul do país”, afirma Fausto Dionísio.

Até agora, cerca de 10 a 15 trabalhadores estavam a participar na produção das viseiras, mas este número deve aumentar, pois este equipamento já está a ser produzido em dois turnos, segundo o coordenador.

As viseiras de proteção facial fazem parte da lista de equipamentos de proteção individual (EPI) recomendados pela Direção-Geral da Saúde (DGS) aos profissionais de saúde.

Já a produção automóvel na fábrica de Palmela vai continuar suspensa até dia 12 de abril, disse o coordenador da CT.

Ler mais
Recomendadas
Miguel Maya

CaixaBank espera lucros de 48 milhões do BCP apesar da provisões para créditos em francos suíços na Polónia

Apesar das provisões de 121 milhões por causa dos créditos hipotecários em francos suíços, o CaixaBank estima que o BCP apresente resultados líquidos no primeiro trimestre de 48 milhões de euros.

Galp distribui dividendo de 35 cêntimos a partir de 20 de maio

A Galp anuncia que aos acionistas que os dividendos se encontram a pagamento a partir do dia 20 de maio de 2021, com as ações a entrarem em ex-dividendo no dia 18. A “record date é a 19 de maio de 2021”, disse a empresa.

Holding da família Queiroz Pereira comprou mais 0,02% da Semapa

A Sodim, SGPS comunicou à Semapa – Sociedade de Investimento e Gestão, SGPS, “que hoje adquiriu em bolsa 1.816 acções, representativas de 0,002% do capital social da Semapa”.
Comentários