Autoridade da Concorrência aprova compra da Nowo e Oni a espanhóis da MásMovil

“O Conselho da AdC adotou uma decisão de não oposição na operação de concentração”, lê-se numa nota publicada na passada terça-feira, 15 de outubro, referindo-se à notificação de aquisição do controlo conjunto da Cabonitel.

A Autoridade da Concorrência (AdC), liderada por Margarida Matos Rosa, autorizou os espanhóis da MásMovil e do fundo GAEA Inversión a avançar com a compra da Cabonitel, que detém a empresa Nowo e a Oni.

“O Conselho da AdC adotou uma decisão de não oposição na operação de concentração”, lê-se numa nota publicada na passada terça-feira, 15 de outubro, referindo-se à notificação de aquisição do controlo conjunto da Cabonitel, que foi noticiado no passado dia 18 de agosto.

A decisão tomada surgiu “uma vez que a mesma [operação de compra] não é suscetível de criar entraves significativos à concorrência efetiva no mercado nacional ou numa parte substancial deste”.

Antes da aquisição das empresas ter sido aprovada pela entidade liderada por Margarida Matos Rosa, a Nowo e a Oni eram detidas pela Cabolink, sociedade de direito luxemburguês maioritariamente detida por fundos geridos pelos americanos KKR.

O regulador liderado por Margarida Matos Rosa considera que a operação “não é suscetível de criar entraves significativos à concorrência efetiva no mercado nacional ou numa parte substancial deste”, pelo que a operação não merece a oposição da AdC.

Relacionadas

Espanhola MásMovil compra Nowo e Oni

Quarta maior operador de telecomunicações em Espanha e GAEA compraram a Cabonitel, que detém 100% do capital da portuguesa Nowo, que por sua vez, detém o total de capital da Oni.
Recomendadas

Sonaecom contesta arresto judicial de ações da NOS detidas em conjunto com as empresas de Isabel dos Santos

Decisão do juiz Carlos Alexandre limita direitos de voto e distribuição de dividendos da Zopt, “holding” detida em partes iguais pela Sonaecom e por empresas controladas pela filha do antigo presidente de Angola.

Tecnológica BOLD faz parceria com Ministério da Economia

Empresa de Bruno Mota vai com a Google Cloud ajudar duas comunidades tecnológicas apoiadas pelo Governo.

BPI antecipa três dias o pagamento de pensões de reforma

O objetivo é contribuir para proteger a população com idade superior a 65 anos, permitindo o levantamento faseado e evitando a aglomeração de pessoas no dia 9 de abril, em que os balcões dos Bancos funcionam apenas até às 13h00. O banco diz que não vai cobrar taxas de antecipação do pagamento.
Comentários