Avião da TAP com destino a Luanda obrigado a fazer escala no Congo

A companhia aérea nacional defende que o espaço aéreo angolano estava encerrada à hora que aquela ligação para Luanda estava a ser efetuada.

Um avião da TAP, que partiu este sábado de Lisboa com destino a Luanda, foi obrigado a fazer escala na República Democrática do Congo por causa do encerramento temporário do espaço aéreo angolano, revelou à Lusa fonte da empresa portuguesa.

Em causa esteve o voo TP287, com partida de Lisboa às 12h20 e chegada a Luanda prevista às 21h05 locais, tendo sido desviado para o aeroporto Pointe-Noire, na República Democrática do Congo, onde aterrou às 22h05 locais, segundo informação disponibilizada na página oficial da TAP.

Contactada pela Lusa, fonte oficial da transportadora portuguesa referiu que foi necessário fazer uma escala no Congo devido ao “encerramento temporário do espaço aéreo angolano” e que, cerca das 23h30, já estaria em curso a viagem de ligação até Luanda.

Recomendadas

Ecotecnologia: precisamos mais que a moda política

Que medidas de investimento económico existem para fomentar a reutilização de águas pluviais para regas ou lavagens várias, quer por empresas quer por municípios?

Ásia e sustentabilidade: as lentes dos investidores em 2030, segundo a Allianz Global Investors

O “Investment Fórum 2019” da gestora de investimentos do grupo alemão Allianz, que se realizou em Frankfurt, concluiu ainda que a probabilidade de a guerra comercial continuar é significativa.

A sair do forno

Chamam-lhe o coração da cozinha e é por isso que o novo forno a vapor da AEG dará nova vida aos seus cozinhados. Um truque exclusivo dos profissionais, que agora está ao seu alcance.
Comentários