Avião da TAP com destino a Luanda obrigado a fazer escala no Congo

A companhia aérea nacional defende que o espaço aéreo angolano estava encerrada à hora que aquela ligação para Luanda estava a ser efetuada.

Um avião da TAP, que partiu este sábado de Lisboa com destino a Luanda, foi obrigado a fazer escala na República Democrática do Congo por causa do encerramento temporário do espaço aéreo angolano, revelou à Lusa fonte da empresa portuguesa.

Em causa esteve o voo TP287, com partida de Lisboa às 12h20 e chegada a Luanda prevista às 21h05 locais, tendo sido desviado para o aeroporto Pointe-Noire, na República Democrática do Congo, onde aterrou às 22h05 locais, segundo informação disponibilizada na página oficial da TAP.

Contactada pela Lusa, fonte oficial da transportadora portuguesa referiu que foi necessário fazer uma escala no Congo devido ao “encerramento temporário do espaço aéreo angolano” e que, cerca das 23h30, já estaria em curso a viagem de ligação até Luanda.

Recomendadas

IMT proíbe circulação de veículos ferroviários sem controlo de velocidade (Convel)

No início desta semana, administração da IP revelou que tem uma solução credível, proposta pela Critical Software. Órgão regulador do setor dos transportes “requereu uma avaliação urgente da viabilidade da solução e, caso viável, a consequente implementação igualmente urgente”.

NBA lança-se no mundo das apostas com o serviço NBABet Stream

Com a legalização das apostas desportivas nos EUA em 2018, a NBA torna-se a primeira grande liga desportiva dos EUA a atacar o mercado.

Siza Vieira sobre a possibilidade de adeptos nos estádios: “É mais importante que os jogos se realizem em segurança”

“É mais importante garantirmos a segurança de que as atividades se realizem sem percalços e com limitações do que permitir flexibilidade e depois ter de voltar atrás”, realçou o ministro à margem da conferência sobre o ‘Futebol Profissional e Economia Pós Covid-19’ que decorreu em Oeiras.
Comentários