Avião da TAP com destino a Luanda obrigado a fazer escala no Congo

A companhia aérea nacional defende que o espaço aéreo angolano estava encerrada à hora que aquela ligação para Luanda estava a ser efetuada.

Um avião da TAP, que partiu este sábado de Lisboa com destino a Luanda, foi obrigado a fazer escala na República Democrática do Congo por causa do encerramento temporário do espaço aéreo angolano, revelou à Lusa fonte da empresa portuguesa.

Em causa esteve o voo TP287, com partida de Lisboa às 12h20 e chegada a Luanda prevista às 21h05 locais, tendo sido desviado para o aeroporto Pointe-Noire, na República Democrática do Congo, onde aterrou às 22h05 locais, segundo informação disponibilizada na página oficial da TAP.

Contactada pela Lusa, fonte oficial da transportadora portuguesa referiu que foi necessário fazer uma escala no Congo devido ao “encerramento temporário do espaço aéreo angolano” e que, cerca das 23h30, já estaria em curso a viagem de ligação até Luanda.

Recomendadas

BCP emite 450 milhões de dívida subordinada e paga 3,871%

A emissão, no montante de 450 milhões de euros, terá um prazo de 10,5 anos, com opção de reembolso antecipado pelo Millennium BCP no final de 5,5 anos, e uma taxa de juro de 3,871%, ao ano, durante os primeiros 5,5 anos.

Facebook suspende “dezenas de milhares” de aplicações por falhas na privacidade

A sua suspensão “não é necessariamente uma indicação de que as aplicações eram uma ameaça às pessoas”, ressalva a rede social.

TAP regista prejuízos de 120 milhões no primeiro semestre

Quebra nas receitas com o Brasil e aumento de custos de pessoal foram alguns dos motivos que geraram este resultado negativo.
Comentários