‘Baleia Azul’: Jogo da morte já faz vítimas em Portugal

Uma jovem algarvia de 18 anos ficou com vários ferimentos e foi encontrada depois de os seus gritos terem sido ouvidos pelos vizinhos.

Na madrugada de ontem (28), uma jovem de 18 anos saltou de um viaduto de Vale Selves, na zona de Albufeira, depois de participar no jogo da ‘Baleia Azul’, que consiste numa série de 50 desafios cujo objetivo final do jogador é suicidar-se.

A algarvia ficou com vários ferimentos e foi encontrada depois de os seus gritos terem sido ouvidos pelos vizinhos, noticiou o Correio da Manhã na edição desta sexta-feira. “Ouvi um barulho cá fora e apercebi-me de alguém a gritar por socorro, chamei a GNR e depois percebi que era uma rapariga que se tinha atirado do viaduro”, explicou ao CM uma testemunha que reside perto do local.

O fenómeno está a ter proporções enormes nas redes sociais e foi instaurado um inquérito depois de uma mãe de um menino de 12 anos ter denunciado que o filho foi convidado a participar numa série de desafios.

O jogo tem 50 desafios diários, enviados à vítima por um “curador”. Há desde tarefas simples, como desenhar uma baleia azul numa folha de papel até outras muito mais mórbidas, como cortar os lábios ou furar a palma da mão, avançou o jornal brasileiro Globo. Já aconteceu um dos participantes ter sido desafiado em “desenhar” uma baleia azul no seu antebraço com uma lâmina.

Relacionadas

‘Baleia Azul’: Estes são os 50 desafios que estão a preocupar pais de todo o mundo

Site brasileiro divulgou aqueles que são, alegadamente, os cinquenta desafios do jogo que está a alarmar o Brasil e que ameaça chegar a Portugal.

Espanha: ‘Baleia Azul’ causa ferimentos em menor de 15 anos

Jovem foi admitida na unidade psiquiátrica de um hospital na área metropolitana de Barcelona depois de participar no jogo mortífero dos 50 desafios.
Recomendadas

Novo julgamento de Pereira Cristóvão e de Mustafá em fevereiro

O Tribunal de Cascais marcou para fevereiro o início do novo julgamento do ex-inspetor da Polícia Judiciária Paulo Pereira Cristóvão e do líder da claque Juventude Leonina, conhecido como ‘Mustafá’, acusados de assaltos violentos a residências.

Michael Cohen, ex advogado de Trump, condenado a três anos de prisão

O antigo advogado de Trump, Michael Cohen, foi, esta quarta-feira, condenado a três anos de prisão, num tribunal em Nova Iorque, EUA. Estão em causa múltiplos crimes, incluindo mentir ao Congresso sobre um possível acordo negocial com Trump em Moscovo e comprar o silêncio de mulheres que acusaram Donald Trump de assédio sexual.

PGR confirma investigação a “altos responsáveis” da administração

Na mira da Justiça está o inspetor-geral das Finanças, Vítor Braz, e uma chefe de equipa da IGF, detetada no caso ‘Swissleaks’. Juntam-se ainda vários outros inspectores com cargos de direcção na investigação a suspeitas de crimes de corrupção, peculato e abuso de poder. Depois das buscas de ontem, este inquérito ainda não tem arguidos.
Comentários