‘Baleia Azul’: Jogo da morte já faz vítimas em Portugal

Uma jovem algarvia de 18 anos ficou com vários ferimentos e foi encontrada depois de os seus gritos terem sido ouvidos pelos vizinhos.

Na madrugada de ontem (28), uma jovem de 18 anos saltou de um viaduto de Vale Selves, na zona de Albufeira, depois de participar no jogo da ‘Baleia Azul’, que consiste numa série de 50 desafios cujo objetivo final do jogador é suicidar-se.

A algarvia ficou com vários ferimentos e foi encontrada depois de os seus gritos terem sido ouvidos pelos vizinhos, noticiou o Correio da Manhã na edição desta sexta-feira. “Ouvi um barulho cá fora e apercebi-me de alguém a gritar por socorro, chamei a GNR e depois percebi que era uma rapariga que se tinha atirado do viaduro”, explicou ao CM uma testemunha que reside perto do local.

O fenómeno está a ter proporções enormes nas redes sociais e foi instaurado um inquérito depois de uma mãe de um menino de 12 anos ter denunciado que o filho foi convidado a participar numa série de desafios.

O jogo tem 50 desafios diários, enviados à vítima por um “curador”. Há desde tarefas simples, como desenhar uma baleia azul numa folha de papel até outras muito mais mórbidas, como cortar os lábios ou furar a palma da mão, avançou o jornal brasileiro Globo. Já aconteceu um dos participantes ter sido desafiado em “desenhar” uma baleia azul no seu antebraço com uma lâmina.

Relacionadas

‘Baleia Azul’: Estes são os 50 desafios que estão a preocupar pais de todo o mundo

Site brasileiro divulgou aqueles que são, alegadamente, os cinquenta desafios do jogo que está a alarmar o Brasil e que ameaça chegar a Portugal.

Espanha: ‘Baleia Azul’ causa ferimentos em menor de 15 anos

Jovem foi admitida na unidade psiquiátrica de um hospital na área metropolitana de Barcelona depois de participar no jogo mortífero dos 50 desafios.
Recomendadas

“Graças à inovação na agricultura, Portugal reduziu em 400 milhões o seu défice alimentar”, diz António Costa

O primeiro-ministro esteve presente por videoconferência na apresentação do ‘Ambição Agro 2020-30’, e fez questão de frisar que a agricultura é uma atividade virada para o futuro e não do passado.

“Elaborámos um pacote que não é reivindicativo, mas é reivindicador”, afirma líder da CAP

O presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) falou na apresentação do ‘Ambição Agro 2020-30’, o plano de recuperação da atividade económica nacional da CAP que decorre esta quinta-feira no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

Créditos bancários atingidos pelas moratórias perfazem 35 mil milhões de euros

Na conferência de imprensa em que o Governo divulgou uma extensão das moratórias até 30 de setembro de 2021, Pedro Siza Vieira esclareceu o montante das obrigações de capital e juros suspensos até 31 de março de 2021 envolve um montante de 10 mil milhões de euros.
Comentários