Bancadas cheias marcaram qualificação do Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1

Algumas fotos que foram circulando nas redes sociais, mostraram a proximidade do público sobretudo na zona da bancada central, o que deixou algumas dúvidas sobre o cumprimento do protocolo definido pela Direção-Geral de Saúde.

O dia de qualificação do Grande Prémio de Portugal em Fórmula 1, que terá este domingo o ponto alto no Autódromo Internacional de Portimão, ficou marcado por imagens que mostram bancadas cheias e alguma dificuldade do público em manter o distanciamento físico, tal como relatado pelo jornal “Correio da Manhã”.

Algumas fotos que foram circulando nas redes sociais, mostraram a proximidade do público sobretudo na zona da bancada central, o que deixou algumas dúvidas sobre o cumprimento do protocolo definido pela Direção-Geral de Saúde.

Graça Freitas, diretora-geral da Saúde, realçou esta semana que a realização do Grande Prémio de Fórmula 1 “foi um risco calculado” e manifestou a convicção de que serão cumpridas todas as regras.

“A realização do Grande Prémio de Fórmula 1 em Portugal foi um risco calculado”, começou por sublinhar Graça Freitas. Detalhando algumas das medidas do plano de contingência para a prova que irá decorrer este fim-de-semana em Portimão, esta responsável salientou que “as bancadas ficam divididas por setores e há compromisso do promotor em controlar as entradas e as saídas e uma vez sentados, os espetadores mantêm a distância e mobilizam-se o mínimo possível. Houve uma aposta em assistentes de plateia que ajudam os espetadores”.

A diretora geral da Saúde acredita que as regras implementadas irão permitir a realização do Grande Prémio em elevada segurança, já que estes responsáveis estão convictos de que neste evento, “que é de elevada importância para o país”, serão “cumpridas todas regras”.

 

 

Ler mais
Recomendadas

Transferências de Maradona custaram 15,9 milhões de euros. Conheça os números da carreira de ‘El Pibe’

Foram 28.415 minutos dentro das quatro linhas em solo europeu, a maioria deles no SSC Napoli (22.638), em Itália, onde até hoje é recordado com um autêntico deus que transformou a equipa napolitana numa das melhores do mundo, alcançando títulos inéditos da liga que até hoje se mantém por igualar.

UEFA alarga prazo para procurar novos patrocinadores para a Liga Europa

O prazo inicialmente estabelecido expirou a 2 de setembro, mas a UEFA decidiu estender por mais dois meses com o objetivo de garantir mais patrocínios e, consequentemente, uma maior fiabilidade económica das duas competições.

“AD10S”. Imprensa internacional presta homenagem a Diego Armando Maradona

Da Europa à América do Sul, a imprensa internacional desdobra-se em homenagens a ‘El Pibe’. Confira aqui algumas das capas mais emblemáticas.
Comentários