Bancos espanhóis perdem em bolsa mais de 42 mil milhões de euros em apenas um ano

Perda acumulada de 23,5% do valor em bolsa dos bancos espanhóis no índice Ibex 35. Capitalização do Sabadell, Bankia e CaixaBank caiu acima da média do setor bancário.

Os principais bancos espanhóis – Santander, BBVA, CaixaBank, Bankia, Sabadell e Bankinter – estão a ter um mau desempenho no mercado de ações e, nos últimos 12 meses, a sua capitalização reduziu-se em mais de 42 mil milhões de euros. De acordo com o jornal “El Economista”, essas perdas foram acentuadas “pelo atraso na ansiada subida das taxas de juro por parte do Banco Central Europeu (BCE)”.

Regista-se uma perda acumulada de 23,5% do valor em bolsa dos referidos bancos espanhóis no índice Ibex 35. No final do primeiro trimestre de 2018, o valor em bolsa desses bancos em conjunto era de cerca de 180 mil milhões de euros. Ontem, dia 22 de março de 2019, esse valor tinha caído para cerca de 137 mil milhões de euros.

Entre os bancos cotados no principal índice bolsista, “os mais expostos a Espanha e com uma carteira hipotecária ligada à taxa de juro Euribor” são o Sabadell, Bankia e Caixa Bank, destaca o mesmo jornal. E foram esses bancos que tiveram uma maior queda de valor da sua capitalização bolsista, acima da média do conjunto do setor bancário.

Recomendadas

Lista secreta de devedores da banca deverá ser hoje divulgada de forma agregada, sem nomes e créditos individuais

Só deverão ser divulgados dados agregados, não individualizando devedores e respectivas operações dos sete bancos que receberam ajudas públicas nos últimos 12 anos. Valor total de créditos concedidos e valor agregado de perdas deverão ser hoje conhecidos.

Lone Star diz que Novo Banco quer reduzir para metade o rácio de malparado até 2020

O chairman do Novo Banco, Byron Haynes, deu uma entrevista à Reuters, onde diz que quer acelerar a redução do crédito malparado através de vendas e diz que há muito interesse nas duas carteiras que o banco tem atualmente no mercado. Referindo-se aos portfólios Nata 2 e ao Sertorius.

Citigroup aumenta lucros e supera estimativas dos analistas

O total de empréstimos do terceiro maior banco dos Estados Unidos teve um crescimento de 3%, para 617 mil milhões de euros, enquanto os depósitos aumentaram 5%, para perto de mil milhões de euros.
Comentários