Bankinter Consumer Finance e Mapfre Portugal em parceria para cartão de crédito

“Queremos replicar em Portugal o modelo de sucesso de parcerias construído nos últimos 15 anos em Espanha”, explica António Seixas, Diretor do Bankinter Consumer Finance Portugal.

O Bankinter Consumer Finance, filial de crédito ao consumo do Grupo Bankinter, e a Mapfre fizeram uma parceria em Portugal para lançar um novo cartão de crédito, o Mapfre bankintercard.

O novo cartão de crédito, exclusivo para clientes Mapfre, “permite uma economia até 60 euros por ano no preço (prémio) das apólices desta seguradora, com descontos de até 3% do valor das compras efetuadas com o cartão na modalidade de pagamento parcial, até ao máximo de 5 euros por mês. Este cartão não tem anuidade e não obriga à mudança de banco”, anuncia o Bankinter.

O Cartão “reforça a oferta de cartões de crédito do Bankinter Consumer Finance no “Open Market”, segmento em que opera com a marca bankintercard desde março de 2018”, adiantam.

“Queremos replicar em Portugal o modelo de sucesso de parcerias construído nos últimos 15 anos em Espanha”, explica António Seixas, Diretor do Bankinter Consumer Finance Portugal.

Recorde-se que o Bankinter e a Mapfre têm colaborado mutuamente na criação de uma oferta alargada de produtos para clientes particulares e empresas, na sequência da parceria estabelecida em julho de 2017.

“O lançamento do novo cartão de crédito é mais um passo no reforço da relação entre as duas entidades, numa parceria que tem como objetivo criar sinergias que resultem em benefícios para os Clientes de ambas as empresas”, sublinha Alberto Ramos, CEO Bankinter Portugal.

“Com este reforço na nossa proposta de valor, os clientes Mapfre podem acumular benefícios cada vez que utilizem o seu cartão de crédito nas compras do dia-a-dia, que depois se convertem em descontos nas suas apólices ou na contratação de novas”, refere Luís Anula, CEO da Mapfre Portugal no comunicado.

Ler mais
Recomendadas

Lucros de seis bancos em Angola afundam 28% no primeiro semestre

A crise que se instalou neste país africano obrigou as instituições bancárias a procurem alternativas de negócios que os permitisse maximizar os seus resultados

Valor gerido por fundos de investimento imobiliário cai 26 milhões de euros em julho

A Interfundos (13,1%), a Norfin (10,4%) e a Square AM (10,3%) detinham as quotas de mercado mais elevadas em julho.

Bundesbank alerta que economia alemã pode estar a entrar em recessão

O Bundesbank, banco central alemão, alertou esta segunda-feira que a economia alemã, a maior da Europa, pode estar a recuar durante os meses de verão, depois da contração já registada no segundo trimestre, aumentando a possibilidade de entrar em recessão.
Comentários