Bankinter financia em 10 milhões projeto WhiteShell da Vanguard Properties (com áudio)

Para além do Bankinter ser o financiador do projecto, a Vanguard Properties contou com a assessoria legal da Vieira de Almeida e Associados.

A Vanguard Properties Portugal celebrou no passado dia 23 de julho de 2021 com o banco Bankinter o contrato de financiamento do seu projeto, WhiteShell Beach Villas no Algarve.

O Jornal Económico apurou que o valor do investimento são 10 milhões de euros.

Neste processo, a Vanguard Properties contou com a assessoria legal da Vieira de Almeida e Associados.

A promotora imobiliária de Claude Berda diz que “este acordo é mais uma demonstração de solidez do grupo Vanguard Properties e em particular deste projeto, que é mais um marco imobiliário na região do Algarve”.

“O WhiteShell, explorado pela Amazing Evolution, é composto por 55 villas de diversas tipologias, apresentando uma arquitetura simples, mas contemporânea, assinada pelo reputado atelier de arquitetura, Saraiva+Associados. Com certificação  BREEAM ( sistema de avaliação internacional que permite medir o grau de sustentabilidade ambiental dos edifícios), jardim de ervas aromáticas e espaços exteriores que respeitam a fauna e flora locais, neste car-free e eco-friendlly resort a sustentabilidade é a palavra de ordem”, refere a Vanguard em comunicado.

“Este projeto da Vanguard Properties, situado nas imediações da pacata da vila de Porches e a curta distância (500 metros) de algumas das melhores praias da região, já se encontra em exploração hoteleira e com unidades disponíveis para venda”, revela a Vanguard Properties.

A White Shell e apresenta um conceito assente na sustentabilidade. É um hotel eco-friendly.

Recomendadas
Conferência Inovação e Talento

JE promove conferência sobre inovação e talento na advocacia

Conferência contará com a participação de Tiago Geraldo, advogado sénior da sociedade de advogados Morais Leitão; João Massano, presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados; e Paulo Cardoso do Amaral, professor da Universidade Católica Portuguesa.
luís_menezes_leitão_bastonário_ordem_advogados

Advogados elogiam pedido de constitucionalidade da lei que obriga denúncias de evasão fiscal

A Provedora de Justiça pediu ao Tribunal Constitucional a 15 de setembro que fiscalize a lei publicada a 21 de julho de 2020 que transpôs uma diretiva europeia, estabelecendo a obrigação de comunicação à AT a de determinados mecanismos internos ou transfronteiriços com relevância fiscal.

Ordem dos Advogados aprova regra que obriga a mestrado ou doutoramento para entrar na profissão

A proposta do Conselho Geral, liderado pelo bastonário Luís Menezes Leitão, teve esta sexta-feira ‘luz verde’ e segue para a Assembleia da República para o veredito final.
Comentários